A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

20/09/2013 09:08

Prefeitura paga 25% da dívida de R$ 20 milhões e quer retorno da coleta

Com 39 caminhões parados, 750 toneladas de lixo se espalham pela Capital

Aline dos Santos
Na Maracaju, Centro da cidade, o lixo amanheceu na rua. (Foto: Simão Nogueira)Na Maracaju, Centro da cidade, o lixo amanheceu na rua. (Foto: Simão Nogueira)

A Prefeitura de Campo Grande pagou 25% da dívida com a empresa CG Solurb, responsável pela gestão dos resíduos sólidos na cidade, e espera o retorno da coleta do lixo no período da tarde.

De acordo com o titular da Seintrha (Secretaria de Infraestrutura, Transporte e Habitação), Semy Ferraz, o valor de R$ 5.521.000,00, referente ao mês de maio, foi quitado no fim da tarde de ontem. O pagamento de parte do débito coincide com a paralisação do serviço, determinada às 15h de quinta-feira.

A expectativa é que a empresa retome a coleta à tarde. No entanto, segundo o secretário, o cronograma deve ser mantido. Ou seja, o lixo no Centro só será recolhido no período da noite e os bairros que ficaram sem coleta na manhã só terão o serviço normalizado amanhã. “Fazer a coleta à tarde no Centro iria tumultuar o trânsito”, afirma Semy.

Ao todo, a Prefeitura devia os meses de maio, junho, julho e agosto, num total de R$ 20 milhões. Segundo o advogado da CG Solurb, Ary Raghiant Neto, nestes nove meses de trabalho, a empresa sempre recebeu atrasado. “Para colocar o caminhão na rua tem que pagar a parcela do veículo, o salário do motorista, o combustível”, salienta. Parte da frota de 39 caminhões é financiada.

Para manter o serviço até agora e o pagamento dos servidores, os proprietário tiveram que recorrer a capital próprio e empréstimos bancários. “Estamos falando de R$ 20 milhões. Não é retaliação contra a Prefeitura”, afirma o advogado.

A CG Solurb informou à Agereg (Agência de Regulação dos Serviços Públicos Delegados de Campo Grande) que o serviço de coleta seria suspenso. Conforme Raghiant Neto, a Lei de Licitações e o contrato preveem suspensão de serviço em caso de mais de 90 dias de atraso no pagamento.

Por enquanto, a empresa descarta acionar a Justiça contra o poder público. Segundo o advogado, a coleta só será retomada quando a CG Solurb receber. O grupo descarta demissões e informa que os salários dos funcionários estão em dia. São 350 trabalhadores, que atuam em dois turnos. Com os 39 caminhões de coleta retidos, 750 toneladas de lixo se espalham pelas ruas de Campo Grande.



Campo Grande está abandonada, cidade suja, ruas com asfalto no osso, tudo remendado, realmente essa cidade está muito feia, sinalizacao em pessimo estado de conservacao, enfim, incompetencia geral.
 
Jorge Nicolini em 20/09/2013 13:13:07
Impressionante, como esse tipo de coisa ainda acontece?

A Sorlub foi notificada que não cumpriu acordo? Foi comunicada que não receberia por isso? Ou a falta de pagamento foi deliberada pelo executivo?

Penso que as coisas tem que ficar claras, como pode estar tudo errado com os contratos? Por que a prefeitura não suspende em 08 meses de administração, não o fez.

Sr Flávio...pense nisso.....Ah...não é só a Sorlub que não recebe....Concordo plenamente com o Afonso Netho...25%?...então 25% de mão de obra.
 
Joelson Santos em 20/09/2013 12:22:32
Que vergonha prefeito além de não pagar as prestadoras de serviços,também esta faltando material no posto de saúde da copavila II para coleta de sangue estive la hoje e voltei sem fazer
 
jairo amarante da silva em 20/09/2013 11:33:09
Bom, se a prefeitura só pagou 25% da dívida, a Solurb só deveria mandar 25% da frota para coletar o lixo.
haeuhaeuhaeuaehuaheueh
 
Afonso Netho em 20/09/2013 11:23:40
Atraso de pagamento nos últimos meses?? Porque o espanto, se o povo queria mudanças e o atual administrador da cidade prometeu mudanças....
 
Carla Medeiros em 20/09/2013 11:22:45
A empresa CG Solurb não cumpriu o que foi contratado, e depois alega que sofreu um calote da prefeitura e ainda vai a uma CPI comédia reclamar. O Ministério Público recomendou a suspensão do pagamento devido o não cumprimento da condições contratadas, como o emplacamento dos caminhões na cidade de CG e outras coisas. Infelizmente vimos que essa empresa ganhou uma licitação no apagar das luzes e deve ter muita coisa obscura por trás dela. Qual o interesse de uma CPI tão rápida pra apurar um suposto calote e a dificuldade para aprovar uma pra saúde. Nosso vereadores infelizmente não representam a população e sim interesses de grupos particulares.
 
Flávio Martis em 20/09/2013 10:54:23
Sem demagogia, alguém aqui trabalha de graça? Se eu fosse dono da empresa a coleta só voltaria com o recebimento integral dos atrasados... Se estava havendo investigação da licitação ela já não teria acabado? Como dar calote com dinheiro em caixa? Amigo, se vc tem o dinheiro vc deixa de pagar a conta de luz, a empresa continua te fornecendo por caridade?
 
Marcos Rumolli em 20/09/2013 10:37:24
Estamos no dia 20 de Setembro e a empresa recebeu Maio ??? O que a prefeitura esta
fazendo com todos esses milhões de reais quase 600 parados ?
Se não coletarem o lixo em minha rua levo o meu e deposito na frente da prefeitura.
 
José Ricardo em 20/09/2013 10:33:43
Este prefeito só paga quando leva cobrada pública. Tem sido assim desde o início. quando alguém reclama, coloca na mídia ou paralisa como é o caso da solurb, então ele paga.
Acorda CG..............
 
Joao modesto em 20/09/2013 10:15:43
Me enganei. Como está bem do tipo do serviço do Bernal, acabou me confundindo. Redimo então do meu comentário anterior. Este não é do Bernal.
 
José Carlos em 20/09/2013 09:48:22
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions