A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

03/09/2015 19:54

Prefeitura parcela salários de todos os servidores e só conclui folha dia 20

Flávio Paes
Prefeito Alcides Bernal (Foto:arquivoPrefeito Alcides Bernal (Foto:arquivo

Só no próximo dia 20, a Prefeitura vai quitar a folha de pagamento dos 17 mil servidores municipais referente a agosto. Ao invés de pagar por faixa salarial, critério adotado mês passado pelo ex-prefeito Gilmar Olarte, o prefeito Alcides Bernal optou por um escalonamento diferente. Na terça-feira os funcionários que não recebem pelo HSBC, poderão sacar R$ 2 mil, aqueles que recebem por este banco, poderão sacar no sábado. Mês passado na primeira etapa do escalonamento foram contemplados os servidores que tinham até R$ 3 mil para receber.

Com este novo critério, a Prefeitura garante que 53,88% dos servidores receberão a integralidade dos seus salários até a segunda-feira, quinto dia útil. No dia 14 de setembro, os servidores da faixa salarial de até R$ 4.000,00, 31,27% do funcionalism0, receberão o saldo que tiverem , descontado o adiantamento de R$ 2 mil.

No dia 18 de setembro, será quitada a folha de quem ganha até R$ 7.000,00, que seriam 10,75% do total. No dia 20 de setembro, será a vez de receber a complementação de quem ganha mais de R$ 7.000,0.Este grupo representa 4,09% do funcionalismo.

Como o prefeito, já no segundo dia de sua volta ao cargo, exonerou todos os comissionados, inclusive aqueles efetivos com cargos de chefia ou funções graticadas, só esta medida representou um enxugamento de R$ 6 milhões, reduzindo de R$ 96 para R$ 90 milhões a folha bruta.

Deste montante, o servidor efetivamente vai receber em torno de R$ 55 milhões,que corresponde ao valor líquido, depois de descontada a contribuição da previdência (11%) o Imposto Renda (para quem ganha acima de R$ 1.903,98) e eventuais empréstimos consignados. Este valor não considera os terceirizados (em torno de R$ 6 milhões) e os trabalhadores da limpeza pública, contratados pelo programa Proinc (R$ 1 milhão).

Outro passivo que o prefeito terá de administrar é o pagamento das indenizações dos comissionados demitidos, estimados em R$ 75 milhões.A expectativa da equipe econômica da atual adminstração é que até fevereiro de 2016 o pagamento continuará escalonado. A situação só normalizaria em março, quando entra mais de 70% da receita do IPTU.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions