A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 22 de Setembro de 2018

18/03/2018 11:10

Prefeitura promete investimentos para que Cidade do Natal seja usada todo mês

Evento para exposição e comercialização de artesanatos deve ser realizado todo mês; projeto prevê construção de banheiros e palco

Liniker Ribeiro e kleber Clajus
Artesãos estão expondo arte em evento na Cidade do Natal (Foto: Kleber Clajus)Artesãos estão expondo arte em evento na Cidade do Natal (Foto: Kleber Clajus)

O espaço da Cidade do Natal, localizado nos altos da avenida Afonso Pena, na região do Parque das Nações Indígenas, em Campo Grande, receberá investimentos de incentivo para realização de eventos no local. A ideia, de acordo com a prefeitura da Capital, é fazer com que o espaço seja usado por mais vezes e não apenas durante as comemorações de fim de ano.

A declaração foi feita pelo prefeito Marquinhos Trad (PTB) durante abertura da 11ª edição da Semana do Artesão, realizada na manhã de hoje (18), no local. “Eventos como o de hoje são necessários justamente para ocupar o espaço que antes era usado apenas para festas natalinas”, afirmou o prefeito.

“Estamos em planejamento para um vez, a cada mês, dar estrutura e apoio, juntamente com o Governo do Estado, para que campo-grandenses e turistas conheçam os materiais produzidos por nossos artesãos”, completou Marquinhos.

Durante o evento desta manhã, o local ficou tomado por cerca de 30 stands montados para exposição e comercialização das peças artesanais de artistas locais. Também há espaço de entretenimento para crianças, com brinquedos e atividades, e uma área gastronômica.

Até as 18h, serão realizadas diversas apresentações culturais, com poesia e música, conforme pontua a gestora de cultura da Praça dos Imigrantes, Sônia Albuquerque.

Investimentos – De acordo com a secretária municipal de Cultura e Turismo, Nilde Brun, um projeto está sendo elaborado para reforçar a estrutura do espaço. Segundo ela, a ideia é melhorar a estrutura do local, com a construção de banheiros e de um pequeno palco fixo.

Arquitetos e engenheiros já estudam, internamente, estruturas móveis que sejam duráveis para que sejam colocadas no local, uma vez que não sejam autorizadas estruturas fixas nessa área do Parque das Nações Indígenas, durante realização de eventos. O projeto deve ser finalizado até o mês de julho, quando o processo em busca de parceiros terá início.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions