A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 15 de Agosto de 2018

05/01/2017 09:29

Prefeitura suspende licitação de compra de remédios aberta por Bernal

Prefeitura disse que licitações serão revisadas e por isso foram suspensas; Entre elas está o registro de preço para compra de medicamentos para a secretaria de saúde

Yarima Mecchi

Três licitações foram suspensas no Diogrande (Diário Oficial de Campo Grande) desta quinta-feira (5) pelo prefeito Marquinhos Trad (PSD), entre elas uma compra de medicamentos. Conforme o Executivo Municipal, os processos, todos abertos ainda na gestão de Alcides Bernal (PP), foram paralisados para que seja feita uma revisão.

"Tendo em vista que a gestão assumiu há três dias e precisa se informar do que já estava em andamento", diz nota da assessoria de comunicação do município.

A licitações suspensas são referentes a “aquisição de câmeras, notebook e tabletes para a Semed (Secretaria Municipal de Educação)", “aquisição de materiais para a premiação para os projetos Silabar, Matemática em Busca do Ouro, 1° Silabar em língua estrangeira, sou um talento e 100 anos de Manoel de Barros" e também para “registro de preços para a aquisição de medicamentos para a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde Pública)".

Durante visita surpresa ao CRS (Centro Regional de Saúde) do bairro Tiradentes, na tarde de ontem (4), Marquinhos pediu que os funcionários do CRS fizessem um relatório completo sobre quais medicamentos estão em falta e qual a maior demanda. Um dos maiores problemas, segundo os funcionários, é justamente as prateleiras vazias na farmácia.

O prefeito pretende abrir licitação para comprar remédios ainda neste mês para repor os estoques pelos próximos seis meses. “Queremos estocar, estocar, estocar”, enfatizou o chefe do Executivo.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions