ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, TERÇA  18    CAMPO GRANDE 32º

Capital

Preocupados, moradores reclamam de buracos nas ruas do Jd. Seminário

Relatos são de que o asfalto cedeu há cerca de um mês, quando o período de chuvas fortes se intensificou

Por Aletheya Alves e Mirian Machado | 29/11/2021 14:25
Buracos na Rua Frutuoso Barbosa foram sinalizados por moradores. (Foto: Mirian Machado)
Buracos na Rua Frutuoso Barbosa foram sinalizados por moradores. (Foto: Mirian Machado)

Moradores do Jardim Seminário estão preocupados com buracos abertos em dois pontos do bairro. Localizados nas ruas Frutuoso Barbosa e Doutor Laureano, as aberturas surgiram após parte do asfalto ceder e desgastar.

Vivendo na região há mais de 12 anos, o aposentado Manoel Vital, de 62 anos, explica que o buraco na Rua Frutuoso Barbosa, esquina com Caxambu, é um dos resultados causados pelas chuvas. Além do asfalto ter cedido, a tampa do esgoto também saiu do local.

“Aqui precisa fazer uma tubulação, uma galeria muito bem feita para aguentar a enxurrada. Quando chove, a gente precisa entrar pelo outro lado da rua, porque é perigoso”, Manoel explicou. Outro morador, que não quis se identificar, relatou que a “cratera” está ali há um mês.

Asfalto cedeu, dexando abertura no Jardim Seminário. (Foto: Mirian Machado)
Asfalto cedeu, dexando abertura no Jardim Seminário. (Foto: Mirian Machado)

Caminhoneiro, ele explicou que já chegou a entrar no buraco para ver qual é a situação e que um cachorro já caiu no espaço, mas os moradores conseguiram resgatar. “O perigo é uma nova enxurrada não dá para ver os buracos e cair alguém”. Hoje, a área está sinalizada com cones da Agetran, que de acordo com o caminhoneiro, estavam em outro lugar e foram realocados pelos próprios moradores.

Em outro trecho do bairro, quase na esquina da Rua Frutuoso Barbosa, mais uma abertura incomoda quem vive no espaço. Localizado na Rua Doutor Laureano, o segundo buraco está entre uma parte de asfalto desgastado.

Segundo buraco, na Rua Doutor Laureano, em meio a asfalto desgastado. (Foto: Mirian Machado)
Segundo buraco, na Rua Doutor Laureano, em meio a asfalto desgastado. (Foto: Mirian Machado)

Mestre de obras, Paulo Espíndola, de 38 anos, disse que a abertura tem quase dois meses. “Em 30 minutos, inunda tudo. O asfalto é novo, muito bom, mas olha o que virou. Fico preocupado, porque esse buraco é de esgoto. Passam duas manilhas de água aqui, vem água do córrego e não aguenta, aí a água volta”, explica.

Paulo contou que chegou a colocar pedaços de madeira na área para sinalizar, mas que pessoas passam pela rua e retiram.

A reportagem solicitou nota retorno à Prefeitura de Campo Grande sobre os dois casos, mas até o momento, não houve resposta.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário