ACOMPANHE-NOS    
MAIO, SEGUNDA  17    CAMPO GRANDE 30º

Capital

Preso golpista que vendia em grupo de WhatsApp carros roubados

O flagrante aconteceu na noite de ontem (12), no condomínio onde o estelionatário vivia com a esposa

Por Viviane Oliveira | 13/04/2021 08:56
Caso segue sob investigação da Delegacia Especializada de Repressão a Furtos e Roubos de Veículo (Foto: arquivo / Campo Grande News)
Caso segue sob investigação da Delegacia Especializada de Repressão a Furtos e Roubos de Veículo (Foto: arquivo / Campo Grande News)

Homem de 36 anos foi preso com uma caminhonete roubada na noite de ontem (12), na garagem do condomínio onde vivia com a esposa, na Rua Visconde de Pirajá, na Vila Nossa Senhora das Graças, em Campo Grande. Ele confirmou à polícia que fazia parte de um grupo de WhatsApp que vendia carros bob's, ou seja, com restrição criminal.

Conforme boletim de ocorrência, os policiais da Defurv (Delegacia Especializada de Repressão a Furtos e Roubos de Veículo), chegaram até o suspeito depois que um Jeep Compass foi apreendido com uma mulher.

Ao ser indagado sobre a situação, o golpista confirmou dizendo que havia vendido o carro e recebido o valor de R$ 19 mil. Enquanto conversavam com o suspeito, os policiais avistaram uma Ford Ranger na garagem. Ao ser questionado, o golpista negou que era dono do automóvel. Porém, sua esposa confirmou que a caminhonete pertencia ao marido dando a chave do automóvel para os policiais.

Sem ter por onde escapar, o estelionatário acabou confessando fazer parte de grupo de WhatsApp, cuja a finalidade era vendas de carros financiados conhecidos como bob. A caminhonete era produto de roubo ocorrido em São Paulo, com placas de São Carlos. Na delegacia, confirmou ainda que faz transações dessa natureza com frequência. O caso segue sob investigação da Defurv.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário