A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

12/08/2017 10:35

Primeira fase da obra de R$ 20 milhões no Nova Lima deve terminar em um ano

Lançada oficialmente neste sábado, 12, serão asfaltadas 19 vias na primeira etapa

Mayara Bueno e Yarima Mecchi
Ruas do Bairro Nova Lima começam a ser asfaltadas. (Foto: Marcos Ermínio).Ruas do Bairro Nova Lima começam a ser asfaltadas. (Foto: Marcos Ermínio).

A primeira etapa da obra de pavimentação do Bairro Nova Lima, região norte de Campo Grande, será concluída em 1 ano, afirmou o secretário de Infraestrutura, Rudi Fioresi. Neste sábado, 12, o município fez evento autorizando o projeto de R$ 20,9 milhões, esperada há 40 anos pelos moradores do local.

As intervenções começaram no início de agosto, conforme o secretário. Nesta manhã, uma caminhada com o prefeito da cidade, Marquinhos Trad (PSD), marcou seu lançamento oficial. O evento faz parte da programação dos 118 anos da Capital.

Contratada em 2013, a obra contempla cinco etapas, que no total perfazem 145 mil m² de pavimentação, 25 mil m² de recapeamento e 8 mil m² de drenagem.

A primeira parte, etapa A, será de pavimentação e drenagem no quadrilátero formado pelas ruas Marques de Herval, Jerônimo Albuquerque, Zulmira Borba e Avenida Cônsul Assaf Trad. Serão implantados 8,75 quilômetros de drenagem, 19,38 km de pavimentação e 4,78 km de recapeamento.

Nesta primeira etapa da pavimentação do Nova Lima está programado o asfaltamento das ruas Sócrates; Dona Maria Izabel; Dom Sebastião Leme; Santo Inácio de Loiola; Júlio Prestes; Eugênia Lima; Randolfo Lima; Assunção Borba; Martin Faustino; Botafogo; Eugênio Silvério; Alfredo Borba; Padre Antonio Franco; Firmo Cristaldo; Galileu; Aquiles; Celina Baís Martins, além das avenidas Carlota Joaquina e Cândido Garcia.

Os recursos da obra são fruto do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) e da prefeitura, que utilizou parte do dinheiro fruto do convênio com o Governo de Mato Grosso do Sul. R$ 19.110.075,66 da União e R$ 1.791.873,11 do município.

Conforme a prefeitura, a drenagem será feita com um tubo de 1,20 metro de diâmetro, que vai passar pela Cônsul Assaf Trad, na altura da Rua Eugênio Lima. Ele terá a função de escoar toda a água pluvial do Nova Lima em uma bacia de retenção existente nos fundos do Alphaville.

A expectativa é que esta intervenção resolva o problema de erosão que surge em um dos acessos ao Shopping Bosque dos Ypês.

À esquerda, secretário de Infraestrutura, Rudi Fiorese, com o prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad (PSD), à direita.(Foto: Marcos Ermínio).À esquerda, secretário de Infraestrutura, Rudi Fiorese, com o prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad (PSD), à direita.(Foto: Marcos Ermínio).

Desenvolvimento– Há muito tempo esperada pela população do Nova Lima, a obra deve trazer mais desenvolvimento para região norte, atraindo empresários que vão “olhar diferente” para o local. Esta é a expectativa de moradores e do Poder Público.

Conforme o secretário da Sedesc (Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, da Ciência e Tecnologia), Luiz Fernando Buainain, com o asfalto empresas terão interesse em se instalar por lá. Ele comentou que no polo industrial norte, são 41 indústrias que empregam 2 mil pessoas. “Com a pavimentação, deve desenvolver ainda mais”. 

"É o resgate de um sonho que já virava pesadelo para toda região", completou o prefeito.

O vendedor José Neri Rocha, 23 anos, mora no Nova Lima desde que nasceu e aguarda o asfalto tão sonhado. A rua dele não foi contemplada pelo projeto, mas acredita que aliado ao shopping que existe na região (Bosque dos Ipês), além das indústrias e agora o asfalto, a região melhorará o desenvolvimento e trará novas empresas.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions