A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

20/03/2015 13:09

Projeto Consulta Única realiza 63 mil procedimentos em dois anos de criação

Flávia Lima
Objetivo do atendimento é agilizar consultas e diagnósticos. (Foto:Divulgação)Objetivo do atendimento é agilizar consultas e diagnósticos. (Foto:Divulgação)

O projeto Consulta Única, desenvolvido pela secretaria de Saúde, já fez mais de 63 mil procedimentos desde sua criação, em 2013. Como indicadores de atendimento, de março de 2013 até o final do mês de fevereiro deste ano, fora efetuadas 34.762 consultas ginecológicas, 10.760 coletas de material para exames preventivos, realizados 9.396 exames de ultrassonografia ginecológica e 8.328 orientações de planejamento familiar, dentre outros procedimentos.

Normalmente, a equipe do projeto Consulta Única faz o atendimento nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) e nas Unidades Básicas de Saúde da Família (UBSF) entre 13 e 21 horas. Os serviços são oferecidos às segundas e quartas-feiras, sendo 75 consultas médicas por dia, distribuídas em três horários de agendamento: 13h30 (25 consultas), 15h30 (25 consultas) e 17h30 (25 consultas);. Estão disponíveis 50 vagas para coleta de preventivo e até 30 vagas para realização de ultrassom ginecológico, demandado das consultas realizadas no dia. Todos os atendimentos são previamente agendados.

De acordo com a coordenadora do projeto, Maiara Rodrigues da Mota o atendimento tem como objetivo a prevenção dos cânceres de mama e de colo de útero, orientações sobre prevenção de doenças sexualmente transmissíveis, planejamento familiar (vasectomia, DIU e laqueadura) e atendimento às gestantes. “É um projeto humanizado já atendeu em 38 unidades diferentes, sendo 22 Unidades Básicas e 16 Unidades de Saúde da Família”.

De acordo com o médico Quelpes Yuri Torres Chalegue Lalucci, ao fazer o exame clínico na paciente, é constatado se há a necessidade dos exames complementares como ultrassonografia, mamografia e exame de mama preventivo. “Aqui mesmo, a paciente faz os exames e retorna para saber o diagnóstico. Se preciso, eu prescrevo o medicamento e na segunda opção a paciente é encaminhada para fazer o procedimento cirúrgico. Este é um trabalho rápido e tem tranquilizado as pacientes que precisam dos tratamentos na rede pública de saúde”, completa o médico.
“O projeto já diminuiu as filas de pessoas que precisam de exames. Para se ter uma ideia, a fila para o exame de mamografia diminuiu para uma semana. Este é um avanço na saúde e queremos fazer”, ressalta o secretário de Saúde, Jamal Salém.

De família de escritores, médico lança amanhã livro com poemas
O renomado psiquiatra Marcos Estevão lança nesta quinta-feira (14) em Campo Grande o livro de poesias "Pedaços de Mim", que é um compilado de poemas....
Renegociação de dívidas com a Águas Guariroba segue sendo realizada
Vai até o dia 29 deste mês a campanha "Fique em Dia", realizada pela Águas Guariroba para renegociar as dívidas que os consumidores têm com a empresa...
Com inspiração japonesa, luzes vão iluminar compras no Centro
Iluminação especial passa a ser adotada, nesta quarta-feira (13), na região central de Campo Grande. Dezesseis estruturas de alumínio, com lâmpadas d...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions