A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

15/03/2016 08:33

Proprietários ainda contabilizam prejuízos após incêndio em malharia

Viviane Oliveira e Luana Rodrigues
Hoje de manhã ainda foi possível encontrar tecidos destruídos pela chama. (Foto: Marcos Ermínio) Hoje de manhã ainda foi possível encontrar tecidos destruídos pela chama. (Foto: Marcos Ermínio)

Proprietários e funcionários ainda contabilizam, na manhã desta terça-feira (15), os prejuízos após incêndio na loja de tecidos Costa Rica, que ocorreu na noite de ontem (14), na Rua Rui Barbosa, entre a avenida Afonso Pena e a 15 de novembro, na região central de Campo Grande.

Nesta manhã, o Campo Grande News esteve no local, mas quem estava no imóvel apenas informou que não sabia sobre as causas do incêndio e ainda contabilizava os prejuízos. Pelo menos 60 rolos de vários tipos de tecidos, que foram destruídos pelo fogo, estavam espalhados na calçada. O primeiro andar da loja, onde começou as chamas, ficou bastante danificado. O estabelecimento está fechado.

Combate - Conforme relato de funcionários, eles fecharam a loja às 18h, normalmente, e não perceberam nenhum problema. Alguns deles, além de trabalhadores de comércios vizinhos, acompanharam o trabalho do Corpo de Bombeiros, que contou com auxílio da PM (Polícia Militar), porque quadra precisou ser interditada. Depois que as chamas foram extintas a área foi liberada pelo policiamento.

Para conter o incêndio, os Bombeiros usaram 9 mil litros de água. Muita fumaça saia do local e os vidros da fachada do segundo piso foram propositalmente quebrados para auxiliar no combate e evitar que a pressão causada pelo calor provocasse outro incidente. Como no fundo da loja há uma revendedora de gás, o cuidado dos militares dos Bombeiros foi redobrado. Ninguém ficou ferido.

Cinco casos - Só ontem, foram registrados pelo Corpo de Bombeiros cinco incêndios na Capital. De manhã, uma jovem de 24 anos sofreu ferimentos graves após colocar fogo na própria casa na Rua José Roberto Balzan, na Vila Fernanda, região do Caiobá. A vítima foi socorrida pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) com queimaduras no corpo, principalmente no rosto, enquanto o imóvel teve a estrutura completamente comprometida.

Na parte da noite, um carro Fiat Prêmio ficou ficou totalmente destruído durante incêndio em uma oficina mecânica na Vila Ipiringa, região sul. Apenas o veículo foi atingido e não houve outros danos.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions