A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

31/08/2016 10:23

Protesto cobre Obelisco, mas faixa verde e amarela é retirada logo depois

Processo de afastamento de Dilma é votado agora no Senado

Mayara Bueno
Grupos colocaram faixa com as cores do Brasil no Obelisco. (Foto: Direto das ruas)Grupos colocaram faixa com as cores do Brasil no Obelisco. (Foto: Direto das ruas)
Horas depois, o que sobrou foi só um pedaço da faixa. (Foto: Fernando Antunes).Horas depois, o que sobrou foi só um pedaço da faixa. (Foto: Fernando Antunes).

Horas antes da votação definitiva do impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT), que começa às 10 horas de Mato Grosso do Sul, grupos a favor do afastamento cobriram com uma faixa verde e amarela o monumento do Obelisco, localizado na Avenida Afonso Pena com a Rua José Antônio.

Segundo a representante do grupo Fora Corruptos, Fabrícia Salles, a expectativa hoje é “colocar um ponto final na luta contra o partido que a Dilma representa” e faixa colocada no local foi uma forma de expressar o patriotismo.

Ali também será o local onde os movimentos Reaja Brasil, Avança Brasil, Nas Ruas MS, Pátria Livre e Chega de Impostos iniciarão o que chamam de uma “carreata da vitória”, a partir do Obelisco, às 18 horas.

Representante do Reaja Brasil, Danilo Costa confirmou que a faixa foi retirada, mas não soube dizer se foi por membros dos grupos, alguém contra ou da própria Prefeitura. Ainda de acordo com ele, a faixa foi colocada em função da carreata. “Não conheço a legislação (se é permitido ou não colocar a faixa), mas era uma faixa verde e amarela, não está fazendo propaganda”.

A votação do impeachment deve começar daqui a pouco no Senado. Esta é a fase final do processo de afastamento, que começou em março deste ano. Se a maioria dos senadores votar sim, Dilma deixa o cargo de vez e Michel Temer (PMDB) assume o comando do País definitivamente.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions