A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 21 de Setembro de 2018

07/01/2018 12:50

Quebradeira de ônibus deixa cem passageiros “plantados” por 4 horas

Além da demora, os passageiros reclamaram das condições em que encontraram os veículos

Geisy Garnes e Mirian Machado
Cerca de 100 passageiros precisaram esperar por mais de 4 horas (Foto: Paulo Francis)Cerca de 100 passageiros precisaram esperar por mais de 4 horas (Foto: Paulo Francis)

Problemas mecânicos em três ônibus da empresa Eucatur deixaram cerca de cem passageiros esperado por mais de quatro horas em um ponto de apoio da empresa, na manhã deste domingo (7) em Campo Grande. Além da demora, os passageiros reclamaram das condições em que encontraram os veículos.

Segundo a própria empresa, três dos ônibus apresentaram problemas mecânicos e precisaram passar por manutenção antes de seguir viagem, causando atrasos de mais de quatro horas. Enquanto esperavam, alguns passageiros conversaram com a equipe do Campo Grande News.

Cleunice Rocha Saraiva veio a Campo Grande para visitar a irmã e deveria voltar a Porto Velho, em Rondônia, no ônibus das 5h35 deste domingo. A realidade no enquanto, foi bem diferente. O veículo deixou a rodoviária às 9 horas, parou no ponto de apoio para manutenção e só seguiu viagem às 11h30.

Além das horas de espera, Cleunice ressaltou o estado em que encontrou os ônibus. Durante a viagem para Campo Grande, precisou ficar em uma poltrona quebrada, em um veículo sem frigobar e com a frente danificada. “Tinha um buraco no piso e o para-choque estava quebrado”, lembrou.

Assim como Cleunice, a professora Rosimar Nascimento esperou por horas no local. “Estou voltando para Juína, mas ia trocar de ônibus em Cuiabá. Deveria chegar lá às 9 horas, para embarcar novamente 10h30. Agora já são quase 12 horas, perdi meu ônibus e não sei que horas o próximo vai sair”, reclamou.

Três ônibus precisaram de manutenção (Foto: Paulo Francis)Três ônibus precisaram de manutenção (Foto: Paulo Francis)

O veículo que deveria levar Rosimar para o Mato Grosso apresentou um problema no ar-condicionado e por isso precisou ser substituído. Para outro passageiro, que não quis se identificar, quem pagou pela passagem, além se lidar com o atraso de quase cinco horas, ainda vai terminar a viagem em um ônibus inferior. “Estamos tentando que eles paguem pelo menos nosso almoço”, contou o rapaz, que vai para Sorriso (MT).

Empresa - Ao Campo Grande News, o auxiliar administrativo Silvano Júnior, nessa época do ano a empresa freta ônibus para poder suprir a demanda de passageiros. Segundo o funcionário, os três veículos que apresentaram problema não pertenciam a empresa.

Júnior explicou que os passageiros com destino a Porto Velho receberam almoço por conta da empresa em São Gabriel do Oeste. “O veículo com destino ao Mato Grosso estava com a mangueira de água do motor furada e por isso precisou de manutenção”, contou. Ainda segundo o funcionário, todos os ônibus estão em perfeita condições para a viagem.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions