A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

17/10/2013 08:00

Quiosque de sapê pega fogo e aponta importância do projeto de incêndio

Luciana Brazil
Bombeiros demoraram para conter totalmente as chamas. (Foto: Cosenge- divulgação)Bombeiros demoraram para conter totalmente as chamas. (Foto: Cosenge- divulgação)

Um incêndio na tarde  do último sábado (12) em um quiosque de sapê da área de lazer do Condomínio Jardins do Jatobá, na Avenida Afonso Pena, em Campo Grande, pode ter sido causado por uma bituca de cigarro, jogada do alto do edifício, segundo moradores. Conforme o Corpo de Bombeiros, as causas ainda são desconhecidas.

Moradores e funcionários do prédio ajudaram a apagar o fogo que durou cerca de três horas para ser contido. Os bombeiros precisaram usar diferentes técnicas para extinguir totalmente as chamas, já que se tratava de um material altamente inflamável.

O engenheiro e diretor da empresa Cosenge, especializada em elaborar Projetos de Segurança Contra Incêndio, Mario Borges, especialista em engenharia de incêndio, explicou que há restrições e exigências na legislação com relação à utilização de coberturas de sapê.

“É necessário a aplicação de produto retardante ao fogo. Além disso, o sapê deve ser mantido afastado de outras edificações, redes de gás e equipamentos como geradores e compressores”, afirmou.

Segundo o comandante do Corpo de Bombeiros da área central de Campo Grande, coronel Hudson Faria, todo produto inflamável deve receber o produto antichama. “Todo material deve receber o produto. O Corpo de Bombeiros faz a vistoria e a empresa ou condomínio recebe o certificado. O produto é encontrado em casa de tintas. Não é barato, mas ele só deve ser aplicado uma única vez”.

"Se pegou fogo é que com certeza não aplicaram produto antichama", disse o coronel.

Mesmo sem ter a confirmação das causas do incêndio, o engenheiro ressaltou a tragédia que poderia ter sido causada pela atitude irresponsável de moradores ou visitantes. “Poderia ter causado um dano ainda maior, considerando que a bituca poderia ter entrado em outro apartamento pela ação do vento e, em contato com uma cortina ou tapete, ter gerado um incêndio de grandes proporções”, disse.

Borges também enfatizou que são necessárias ações contundentes dos síndicos dos condomínios no sentido de conscientizar e coibir as atitudes de moradores que coloquem em risco a segurança de todos.

Terminal rodoviário de Campo Grande oferece cartões de Natal gratuitos
A rodoviária de Campo Grande, mais um ano, oferece gratuitamente cartões de Natal gratuitamente para os passageiros que passarem pelo local até o pró...
Universidade do MS recebe certificação de excelência em gestão
Será recebida pela UCDB (Universidade Católica Dom Bosco) em solenidade que acontece na próxima segunda-feira (18) o certificado de excelência em ges...
Águas Guariroba continua com campanha de renegociação de dívidas
Vai até o dia 29 deste mês a campanha "Fique em Dia", realizada pela Águas Guariroba para renegociar as dívidas que os consumidores têm com a empresa...
Prefeitura e TJ prorrogam renegociação de dívidas ajuizadas até 3ª
O programa de refinanciamento de dívidas da Prefeitura de Campo Grande foi prorrogado até o dia 19 de dezembro, a próxima terça-feira, no Centro de C...


É um otimo lugar, e bem administrado, a pior pobreza é a espiritual. Então procure "este" lugar ideal e maravilhoso. Para minha familia, em C. Grande, é aqui. Obrigado.
 
Munir Jorge em 17/10/2013 18:54:10
Senhora Claudia S Barros, os Campo grandenses são gente muito boa e educadas, acho que vc generalizou, e ainda assim se pensa desse modo, oque está fazendo nessa cidade de "BEM CAMPO GRANDENSE"????? Se liga...
 
Naiara Ajala Strello em 17/10/2013 17:59:18
Concordo com o sr Pedro: só falta jogarem alguém pela sacada/janelas...porque de resto, sobra objeto voando...como água suja, cabelos, bitucas de cigarro!! Encontrei na minha sacada, bituca acesa!!! Sem contar as inúmeras vezes que reclamei no tal "livro de ocorrências" que é mera figuração! Nunca obtive resposta às recorrentes reclamações, constatadas até por funcionários - testemunhas. Tem síndico aqui??? Ah ...
Não basta o condomínio se localizar em área nobre, ter padrão de qualidade se inúmeras pessoas, que nele habitam, não têm o mínimo de respeito e educação, umas com as outras. Não sabem discernir o limiar do seu espaço, não sabem dividir, não usam de gentileza, não convivem como um grupo de moradores que são! Educação é o que falta aqui!
 
Eva Menezes em 17/10/2013 14:41:03
Fiquei tão feliz quando adquirimos um apartamento neste condomínio...era um sonho realizado!!!Porém, hoje considero um pesadelo...parece um campo de concentração, cheio de normas e leis, mas que nem todos (precisam) cumprem.As exigências são tantas, que tenho medo de espirrar no elevador e levar uma multa. O lugar é baixo astral, toda a beleza do lugar se torna insignificante por conta da frieza dos moradores e dos funcionários...é raro um bom dia acompanhado de um sorriso...e qto a jogar lixo pela janela, nem me fale...certa vez achei um pacote de camisinha na pia da minha cozinha...sorte q foi só o pacote! Eu não vejo a hora de sair, achamos que seria um lugar seguro... vivo tendo pesado com incêndio, pois não foi a primeira vez...e quem garante que será a última. Uma pena!
 
silvana arantes em 17/10/2013 14:19:03
Que que isso minha gente! Barbaridade! Este condominio tao invejado pelas pessoas nao tao abastadas é praticamente um EUDES COSTA DE LUXO! Aqui no Eudes Costa já tentaram até matar a sindica em um reuniao. Mas para a sorte da sindica a arma falhou! Rola de tudo aqui no condominio. Sindica nao presta conta de nada e so aparece conta e mais conta para pagar. Sem contar na porcaria de sistema que nao recebe encomenda na portaria e se voce deixa autorização pra que alguém receba voce TAMBÉM NAO RECEBE.
 
Francisca Costa em 17/10/2013 11:46:52
Bom... aqui é tudo uma zorra... sindico nao sabe de nada, nunca viu nada e nunca aconteceu nada. Ja reclamei varias vezes dos vizinhos de baixo que vivem em fazenda e deixam os filhos sozinhos. Estes fazem festas de segunda a segunda. Ninguem tem paz. Erramos em vender nossa casa no jardim dos estados para comprar este apartamento pensando em paz, segurança e tranquilidade. Mas nao temos nada disso aqui. Sem contar nos vizinhos sem noção que atiram de tudo pela janelas/sacadas. Pra falar que ja vi de tudo, só falta algum morador jogar alguém pela janela.
 
Pedro Hubermann em 17/10/2013 11:42:41
Este condomínio é uma bagunça mesmo, percebi e saí de lá!
Os síndicos e conselheiros fazem uma máfia que só querem receber o dinheiro, e não aceitam qualquer crítica ou sugestão dos moradores.
Se vc reclamar de alguma coisa, vira inimigo e persona não grata.
Ali é Terra de Ninguém: daqui a pouco vai ter roubo e estupro dentro da área comum ou garagem...e quando forem reclamar o condomínio (síndicos e funcionários ) te trata com ironia e nunca tem responsabilidade.
 
Jucimar Leite em 17/10/2013 10:45:34
Moro aqui há 7 anos e infelizmente isso aqui é um pombal de luxo. Prova de que dinheiro e pobreza são coisas que podem sim caminhar juntas. Aqui tem muita gente folgada, inadimplente, que esbanja carro de luxo mas não paga condomínio em dia, que não sabe seguir regras, que é multado e não paga multa, não respeita o espaço alheio, jovenzinhos drogados filhos de alta patente que não tem respeito por nada e ninguém, porque papai pode. Bem campo grandense mesmo. Classe média alta rica, e pobre.
 
Claudia S Barros em 17/10/2013 10:40:46
Pois é, conheço essa história! Esse condomínio é famoso por causa de alguns moradores! Moro no condomínio ao lado e já jogaram do alto dos edifícios vergalhões de ferro, caixas, potes de e engradados e pedras ornamentais de decoração que foram jogadas dos edifícios por moradores "vândalos" encima do telhado do meu prédio que abriu buracos nas telhas ocasionando goteiras nos apartamentos, e também há de se lembrar que o síndico quando oficiado ironicamente respondeu que os mesmo objetos poderia ter sido jogados pelos moradores do meu condomínio! Agora diga-me quem é o idiota de ficar jogando camisinhas pedras, potes encima do próprio telhado? Outra, que eu saiba pelas leis da física, não se fura telhas com pedras jogadas de baixo para cima, né? Vamos ver outra desse condomínio...
 
Miguel de Paula em 17/10/2013 10:20:17
Moro em frente a estas torres e já deram até tiro no meu apartamento !!!
este condomínio é uma bagunça ... quase 400 apartamentos já teve incêndio em apartamento ...
Têm gente que não pode conviver em sociedade, a pessoa mora num imóvel de 700 mil reais e mesmo assim age como um bicho ...
 
Romeu Gomes em 17/10/2013 09:48:49
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions