ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, DOMINGO  07    CAMPO GRANDE 28º

Capital

Radar prioriza sede de poder e faltam quebra-molas para conter “apressadinhos”

Área verde se destaca pela grande visitação do público e fauna abundante

Por Aline dos Santos | 07/04/2022 12:27
Radar instalado em frente ao Tribunal de Justiça, no Parque dos Poderes. (Foto: Henrique Kawaminami)
Radar instalado em frente ao Tribunal de Justiça, no Parque dos Poderes. (Foto: Henrique Kawaminami)

Com obras de revitalização, o Parque dos Poderes já exibe sinalização viária horizontal e vertical, além de radares que priorizam prédios como a Governadoria (sede da administração estadual) e o TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), sede do Poder Judiciário. Os dispositivos eletrônicos ainda não foram ativados.

Contudo, apesar de placas alertando para velocidade limite de 50 km e 30 km/h (essas apenas antes dos radares) na Avenida do Poeta, principal via do local, a reportagem não avistou recursos, como quebra-molas, para conter os condutores apressadinhos. Os veículos cruzam o parque, que tem asfalto novo, em alta velocidade.

O local se destaca pela visitação do público, principalmente aos finais de semana, e pela presença de fauna abundante. A área verde em Campo Grande é usada para caminhadas, passeios e atividades recreativas e esportivas. Entre essas últimas, está o uso das ruas por pelotões de ciclistas de competição, de 20 até 30 pessoas, que praticam velocidade no local, o que aumenta o risco de atropelamento da fauna que circula pelo Parque dos Poderes.

Sem limitadores de velocidade, também correm risco os pedestres, entre eles, a grande quantidade de crianças que visitam o local.

Na extensão da Avenida do Poeta, são quatro conjuntos de radares nos seguintes pontos: perto de posto de combustíveis (próximo à Rua Jornalista Marcos Fernandes Hugo Rodrigues), Governadoria, Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar) e Tribunal de Justiça.

Também foi colocado dispositivo eletrônico em frente à Governadoria. (Foto: Henrique Kawaminami)
Também foi colocado dispositivo eletrônico em frente à Governadoria. (Foto: Henrique Kawaminami)

Antes da desativação das lombadas eletrônicas, no ano de 2019, eram doze dispositivos instalados no Parque dos Poderes para conter o excesso de velocidade.

O Campo Grande News questionou a assessoria de imprensa do Detran (Departamento Estadual de Trânsito) sobre a quantidade de radares que serão instalados, em quais locais e sobre critérios de escolhas, mas não obteve resposta até a publicação da matéria.

Diretor-presidente do Detran, Rudel Trindade, afirmou que o projeto é da Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos). Ainda segundo ele, a sinalização ainda não foi concluída e novos equipamentos serão instalados.

Motocicleta passa em velocidade bem superior aos 30 km/h sinalizados no afaslto. (Foto: Henrique Kawaminami)
Motocicleta passa em velocidade bem superior aos 30 km/h sinalizados no afaslto. (Foto: Henrique Kawaminami)

Cara nova - O investimento aplicado pelo governo do Estado ultrapassa a marca de R$ 18,9 milhões na revitalização do Parque dos Poderes.

Inaugurado em 1983, o Parque dos Poderes Governador Pedro Pedrossian contará com 4,2 quilômetros de ciclovia canteiro central das avenidas do Poeta e Desembargador José Nunes da Cunha, 4 quilômetros de pista de corrida às margens da reserva do Parque Estadual do Prosa, melhoria das pistas e do estacionamento, além de 70 bancos de descanso, lixeiras e projeto de paisagismo.

Parque dos Poderes já recebeu sinalização de trânsito horizontal e vertical. (Foto: Henrique Kawaminami)
Parque dos Poderes já recebeu sinalização de trânsito horizontal e vertical. (Foto: Henrique Kawaminami)


Nos siga no Google Notícias