A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

04/02/2014 17:20

Responsável por furto de gado, veterinário aguarda processo em liberdade

Bruno Chaves
Gustavo foi preso na sexta e solto na segunda-feira (Foto: Cleber Gellio)Gustavo foi preso na sexta e solto na segunda-feira (Foto: Cleber Gellio)

O inquérito policial que investigou o desvio de R$ 2 milhões em cabeças de gado em fazendas de Mato Grosso do Sul apontou o médico veterinário e ex-gerente de quatro propriedades rurais, Gustavo Mariosi Silveira, 46 anos, como responsável pelo crime. Ele aguarda o processo em liberdade.

Segundo o delegado Alberto Vieira Rossi, titular da Garras (Delegacia Especializada de Repressão a Roubo a Banco, Assaltos e Sequestros), o acusado foi preso na última sexta-feira (31) porque havia mudado de cidade sem declarar novo endereço.

Gustavo foi para o Rio Grande do Sul sem deixar endereço com as autoridades policiais e judiciárias de Mato Grosso do Sul. Após investigações, ele foi preso em frente ao TRT (Tribunal Regional do Trabalho), em Campo Grande, por meio de um mandado de prisão preventiva expedido em dezembro do ano passado, após a conclusão do inquérito.

Ontem (3), um alvará de soltura foi expedido pela Justiça e o veterinário ganhou liberdade. “O inquérito concluiu que o veterinário é responsável pelo furto, mas ele vai aguardar o processo em liberdade porque não é crime que envolve violência e já foi encontrado”, disse Rossi.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions