A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

14/09/2012 08:58

Retomada, obra de ciclovia na Afonso Pena tem trabalho dia e noite

Aline dos Santos e Paula Maciulevicius

Para não tumultuar o trânsito, materiais chegam no período noturno

Trabalhadores fazem compactação do solo. (Foto: Minamar Júnior)Trabalhadores fazem compactação do solo. (Foto: Minamar Júnior)

A obra de implantação da ciclovia no canteiro central da avenida Afonso Pena foi retomada ontem à noite. Para não tumultuar o trânsito, os materiais chegaram no período noturno, de menor movimento. Logo pela manhã, entraram em cena 20 trabalhadores, que fazem a compactação do terreno. A ciclovia foi retomada no trecho entre a Calógeras e a 14 de Julho.

Conforme o titular da Seintrha (Secretaria de Infraestrutura, Transporte e Habitação), João Antônio De Marco, a obra seguirá neste ritmo. À noite e aos fins de semana, chegam os materiais, como a brita. Durante o dia, o leito da ciclovia é preparado para a colocação do piso. A pista receberá concreto ecológico, que utiliza pneu reciclável. A obra tem valor de R$ 147 mil e faz parte do pacote pelos 113 anos da cidade.

“Tem que fazer parte da obra à noite e com pouca gente”, afirma o secretário. A previsão era de que a ciclovia fosse concluída em outubro. “Mas como teve a paralisação, deve ficar mais para o fim do ano”, diz De Marco.

Na questão viária, foi definido que nos cruzamentos, os ciclistas passarão por uma ciclofaixa, obedecendo o tempo destinado pelos semáforos aos pedestres.

A obra ficou suspensa por 15 dias devido à liminar da Justiça. Na decisão, o poder público ficava proibido de destruir, demolir, mutilar, total ou parcialmente, os canteiros centrais ao longo da avenida. A multa em caso de descumprimento era de R$ 1 milhão. Ontem, o TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) derrubou a decisão.

De acordo com o procurador do município, Henrique Anselmo Brandão Ramos, a prefeitura argumentou que a obra está de acordo com o decreto sobre o tombamento do canteiro central da avenida. Com 7,6 quilômetros de extensão, a ciclovia terá um traçado que se estende da Praça Newton Cavalcante até o Parque das Nações Indígenas.



O duro é ver os "inocentes" defendendo esta obra. É claro que sou a favor de ciclovias. Eu mesmo estou disposto a deixar meu carro na garagem e ir para o trabalho de bicicleta. Algumas vezes na semana faço o trajeto a pé, entretanto, o que não dá é aceitar que o dinheiro dos nossos impostos sejam jogados fora, sem nenhum planejamento por essa corja.
 
Mário Rosa em 14/09/2012 12:00:15
Isso é palhaçada... Eu tenho loja de som automotivo na av. julio de castilho, o meu trecho esta fechado desde o dia 21, os operarios trabalham so ate as 18 horas, eu estou pra fechar pq nao terminam nunca, aqui sim é uma obra q precisa de agilidade, trabalhar 24 hrs por dia, nao uma ciclovia, pq nao fizeram quando estava fazendo o jardim... PALHAÇADA, ROUBALHEIRA, ESTOU CANSADO DESSA HIPOCRESIA
 
Fabricio moraes em 14/09/2012 11:57:49
Pq não fizeram ja a ciclovia quando revitalizaram o asfalto!?!?! Nossa, o poder público não tem vergonha de roubar descaradamente neh!
 
carla taveira em 14/09/2012 11:54:22
Flávio você está certo nem precisa ser engenheiro pra saber que iria precisar de uma ciclovia naquele local. Ta na cara que isso é pra gastar mais, isso me dá vergonha e a população inocente acha que ta fazendo isso para 'o nosso bem'.
 
Lucas Costa em 14/09/2012 11:07:18
As pessoas q autorizaram essa obra deveriam responder por improbidade administrativa. Sou a favor de ciclovias mas revitalizar uma avenida inteira para pouco tempo depois destruir uma parte do q foi feito é no mínimo estranho. Não teve planejamento ou é apenas mais uma obra eleitoreira? Quem souber me responde aí . . .
 
Flávio Capote em 14/09/2012 09:40:03
Fala sério!!
Está na "cara" que isso não vai funcionar...vão tumultuar ainda mais as ruas do centro, ou irão construir pontes suspensas nos cruzamentos?
Desperdício do dinheiro público..descaso com a saúde e com a educação que precisam muito mais de recursos.
Indignação total!!
 
MALBA RODRIGUES em 14/09/2012 09:15:55
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions