A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 23 de Abril de 2019

18/10/2018 11:00

Réu por atirar contra jovem há 4 anos afirma que disparo foi acidental

Marcelos dos Santos é julgado pela 1ª Vara do Tribunal do Júri pelo assassinato de Lucas Tavares do Nascimento

Izabela Sanchez e Bruna Pasche
Marcelo dos Santos, durante julgamento na 1ª Vara do Tribunal do Júri nesta quinta--feira (Foto: Henrique Kawaminami)Marcelo dos Santos, durante julgamento na 1ª Vara do Tribunal do Júri nesta quinta--feira (Foto: Henrique Kawaminami)

Lucas Tavares do Nascimento, 19 anos, foi encontrado morto em frente à casa da ex-mulher na noite do dia 10 de dezembro de 2014, no Bairro Portal da Lagoa, em Campo Grande. Nesta quinta-feira (18), quase 4 anos depois do crime, Marcelo dos Santos é julgado pela 1ª Vara do Tribunal do Júri por tentativa de homicídio. Ao júri, ele afirma que o tiro foi acidental, e que não tinha intenção de matar Lucas.

Conforme o depoimento, os dois começaram a discutir e a brigar. O réu afirma que Lucas tentou pegar a arma e que ele, então, puxou a arma, que disparou. “Foi acidental”, declarou. Marcelo declarou assumir a responsabilidade, mas nega o homicídio.

Caso – No mesmo dia do crime Lucas havia registrado boletim de ocorrência na 2ª Delegacia de Polícia da Capital, alegando que Marcelo invadiu sua casa e atirou. Segundo o registro, o autor chegou às 10h e pediu que o jovem saísse, alegando que queria apenas conversar e que não iria matá-lo, pois aquele ainda não era “seu o dia”.

Lucas estava acompanhado de uma mulher de 30 anos, e dois homens de 35 anos, além de crianças. Marcelo desceu da moto, não se intimidou, abriu o portão e tentou arrancar o rapaz de dentro quintal. Eles entraram em luta corporal e houve perseguição, momento que o autor sacou uma arma e atirou, mas não acertou ninguém porque foi interceptado por um dos homens que lá estavam.

*Matéria alterada às 12h23 do dia 24 de outubro para correção de informações.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions