A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

12/05/2012 11:26

Samu diz que problema com macas é recorrente, mas já foi resolvido

Wendell Reis

Hospital Universitário liberou duas macas e Samu está atendendo com três ambulâncias na Capital

Quatro ambulâncias estão paradas por falta de macas na CapitalQuatro ambulâncias estão paradas por falta de macas na Capital

O coordenador do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) em Campo Grande, Mauro Luiz de Britto Ribeiro, informou ao Campo Grande News que o problema da falta de macas para o atendimento é recorrente e não atinge só Campo Grande, mas todo o País.

Apesar do problema, que chegou ao ponte de hoje pela manhã ter só uma ambulância disponível na Capital, Mauro diz que casos como estes são raros e ocorreram por conta de uma superlotação no Hospital Universitário e Hospital Regional. O coordenador do Samu afirma que quando há falta de macas, os funcionários acabam pegando macas de ambulâncias que estão no conserto.

O Campo Grande News apurou que o Hospital Regional liberou duas macas e agora o atendimento em Campo Grande está sendo feito por três unidades. Quatro macas continuam retidas no Hospital Regional.

Hoje Campo Grande possui nove ambulâncias básicas e três de atendimento avançado. Porém, por conta de problemas mecânicos, na maior parte do tempo, o Samu atende com sete ambulâncias básicas e três avançadas. Segundo Mauro, os problemas são constantes por conta do uso diário, tendo em vista que, uma ambulância chega a rodar 350 quilômetros por dia.

Mauro revela que no próximo semestre, no mês de outubro, há possibilidade da Capital receber novas ambulâncias e passar a atender com 10 ambulâncias básicas, três avançadas e uma de intervenção rápida. Uma ambulância avançada atende com um médico, um enfermeiro e um motorista socorrista. Já as unidades básicas atuam com um motorista socorrista e com um técnico de enfermagem.

Brinquedos feitos por detentos são doados para crianças em escola
Parceria feita entre a a Semed (Secretaria Municipal de Educação) e a Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário) garantiu ne...
Falta de pagamento faz prefeitura suspender hemogramas na rede pública
A falta de pagamento para um fornecedor de insumos fez com que a prefeitura de Campo Grande suspendesse a partir desta quarta-feira (13) a realização...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions