A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 24 de Setembro de 2018

01/06/2018 09:53

Santa Casa só vai retomar cirurgias eletivas na próxima semana

Estoque de medicamentos e alimentos está sendo normalizado, após a greve dos caminhoneiros

Kleber Clajus
Hospital teve que suspender procedimentos e comprar insumos no comércio local (Foto: Arquivo/Campo Grande News)Hospital teve que suspender procedimentos e comprar insumos no comércio local (Foto: Arquivo/Campo Grande News)

Cirurgias eletivas suspensas pela greve dos caminhoneiros serão retomadas, na próxima semana, pela Santa Casa de Campo Grande. Foram prejudicados 60 procedimentos e a instituição avalia eventual acionamento da FAB (Força Aérea Brasileira) para transportar antibióticos ou outros insumos necessários a operação das atividades hospitalares.

De acordo com a assessoria de imprensa, pacientes foram informados sobre novas datas para as cirurgias, o estoque de medicamentos tem sido normalizado e o fornecimento de itens como legumes e verduras para a alimentação passou a ser regularizado. Comitê de crise deve reunir-se na Santa Casa, às 17h, para avaliar o andamento das operações.

Foram adotados, desde o início das paralisações em 21 de maio, sistemas de contenção no hospital. Isso porque haviam 20 itens faltando no almoxarifado. Estratégia foi comprá-los no comércio local e mesmo emprestá-los de outras unidades de saúde.

Greve - Caminhoneiros bloquearam as principais rodovias do país por dez dias, ao pleitear a redução do valor cobrado pelo litro do óleo diesel. O movimento começou a dispersar-se na quarta-feira (30) em Mato Grosso do Sul. Este levou ao desabastecimento de combustíveis nos postos e indústrias a suspender atividades ao ter matéria-prima e produtos retidos.

Houve proposta do governo estadual de redução da alíquota do ICMS aplicado ao diesel de 17% para 12%, desde que o movimento fosse desmobilizado. No âmbito federal devem ser zeradas até o fim do ano a incidência de PIS/Cofins sobre o combustível, além de aplicadas soluções negociadas como a desoneração da folha de pagamento do setor de transportes e criação de tabela mínima de preço de frete, dentre outras.

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions