ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, SEXTA  14    CAMPO GRANDE 25º

Capital

Segunda vítima de "tarado do Fiesta" vai à polícia fazer denúncia

"Não estou mais andando sozinha, fiquei com medo", diz mulher após presenciar homem se masturbando

Por Bruna Marques | 04/07/2020 16:15
Casa da Mulher Brasileira, que funciona no Jardim Imá, próxima ao Aeroporto Internacional de Campo Grande (Foto: Arquivo/Campo Grande News)
Casa da Mulher Brasileira, que funciona no Jardim Imá, próxima ao Aeroporto Internacional de Campo Grande (Foto: Arquivo/Campo Grande News)

No começo da tarde deste sábado (4), uma mulher de 26 anos procurou a Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher) para registrar boletim de ocorrência contra um homem, que segundo ela estava parado dentro de um Ford Fiesta prata, se masturbando, próximo ao terminal Guaicurus, no Jardim Monumento.

De acordo com a vítima, o fato ocorreu no dia 6 de junho. Ela saiu de casa para ir trabalhar por voltar das 7h, quando se deparou com um homem moreno, de cabelo liso e preto, camiseta branca e máscara preta se masturbando dentro do veículo, com as janelas abertas. Assustada, a mulher começou a andar rápido se afastando do carro, segundos depois o suspeito deixou o local.

No dia 30 do mês passado ela viu uma reportagem do Campo Grande News onde outra mulher passou pela mesma situação e  entrou em contato com a outra vítima e após visualizar uma foto reconheceu o rapaz como o assediador.

“Eu fui atrás da menina que fez a primeira denuncia, conversei com ela e tive certeza de que era ele. Não estou mais andando sozinha, fiquei com medo dele saber onde eu moro e ficar me esperando quando saísse de casa”, relata a segunda vítima.

Primeira denúncia - Foi durante as apurações do desaparecimento da jovem Carla Santana de Magalhães, de 25 anos, que os investigadores desvendaram um caso denunciado nas redes sociais. Também na terça-feira (30), uma jovem de 20 anos procurou a polícia para relatar ter sido assediada por um homem em um Ford Fiesta prata. O autor chegou a passar a mão na bunda da vítima.

Imagens o veículo do suspeito aparentemente seguindo duas mulheres foram amplamente compartilhadas nesta sexta-feira. Através do mesmo vídeo, os policiais civis identificaram o motorista. Ele foi levado a Deam, reconhecido pela vítima e ouvido pela delegada.

O autor, de 30 anos, não só confessou o assédio como relatou ter feito isso mais de uma vez. Chegou a contar que se masturbou dentro do carro e foi visto por outra mulher. Como não estava em situação de flagrante, o homem foi indiciado por importunação sexual e liberado em seguida.