ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, QUINTA  06    CAMPO GRANDE 29º

Capital

Sem imposto, comprar remédio hoje em bairro está até 46,5% mais barato

Farmácia, restaurante e até barbearia estão vendendo itens com desconto, para mostrar o quanto consumidor paga de imposto na Capital

Por Luana Rodrigues e Renata Volpe Haddad | 27/05/2017 09:44
Remédios que estão com preço reduzido por conta da ação. (Foto: Renata Volpe Haddad)
Remédios que estão com preço reduzido por conta da ação. (Foto: Renata Volpe Haddad)

O sábado (27) está sendo de descontos para consumidores de Campo Grande. Roupas, móveis, aulas de direção, diárias de hotéis e até medicamentos, estão vendidos sem imposto. Em duas farmácias da Capital, o remédio Orlistate, para tratamento de obesidade, que normalmente custa R$ 102, está sendo vendido por R$ 63,20.

A ação, intitulada como Feirão do Imposto, é organizada por instituições que aderiram ao movimento nacional da Confederação Nacional dos Jovens Empresários, e quer mostrar à população o quanto é pago de tributo nos produtos. Na Capital, oito empresas participam da iniciativa.

Na farmácia Farmais, no bairro Coophavila II, mais de 500 medicamentos genéricos estão sendo vendidos com descontos que variam de 38,6% até 46,5%.

O preço do Losartana, indicado para o tratamento de hipertensão, caiu de R$ 11,45 para R$ 6,99, sem imposto. O Atenolol, que também serve para pressão alta, custa R$ 6,80, mas está sendo vendido R$ 3,30.

O proprietário da farmácia, Lodonilson Alexandre, diz que a ação é um apelo para que a indústria reduza o imposto de modo que impacte no consumidor final.

No mesmo bairro, a drogaria América reforçou o estoque de genéricos em 40% para ação e está vendendo Omeprazol, 60 comprimidos, por R$ 17,07. Geralmente, a caixa do medicamento custa R$ 30,65.

Já o Neprazol, 28 cápsulas, normalmente vendido a R$ 19,05 está sendo vendido por R$ 9,90. O Dorflex, 36 comprimidos, bastante procurando para tratamento de dores musculares, que custa R$ 17,70 com imposto, está sendo vendido a R$ 14,65.

Além de remédios, a farmácia está oferecendo 30% de desconto em aparelhos de medição de glicose, o preço caiu de R$ 72,35 para R$ 50,65. Também há promoção de outros produtos como, por exemplo, fraldas infantis.

As farmácias ficarão abertas até às 21h deste sábado. Quem for até o estabelecimento e não encontrar algum remédio por falta de estoque, poderá voltar até a próxima terça-feira (30), que o preço será o mesmo.

Outros participantes - No bairro Vilas Boas, o restaurante Brutelus terá almoço sem imposto, que de R$ 39,90 será vendido por R$ 28. O local está situado na avenida Bom Pastor, 154.

Já no bairro Santa Fé, a loja Portal Itatiba Móveis comercializará travesseiros com redução de 30%, e o produto que custa R$ 25 será vendido por R$ 15,99. O atendimento ocorrerá das 8h às 18h, na rua Dr. Paulo Machado, 120.

No Centro, a autoescola Primeira Opção disponibilizará aulas práticas de direção em motos e carros isenção de até 49% de impostos. O atendimento será das 7h às 18h, na rua 13 de Maio, 3075, com distribuição de senhas para aquisição no dia.

No Hostel Vitória Régia serão ofertados 10 vouchers sem a incidência de tributos, ou seja, redução 30%. O valor cai de R$ 40 para R$ 28 e para conseguir o benefício, é preciso fazer o cadastro no formulário entre 7h às 12h, pelo link: http://bit.ly/hostelsemimposto. O endereço é avenida Noroeste, 575, bairro Amambai.

Na Vintage Barbearia o corte de barba terá redução de 28,57% para os 20 primeiros clientes. De R$ 35, o serviço sairá por R$ 25, sem impostos. O local fica na avenida Ceará, 101 - Vila Antônio.

A empresa Auto Vidros Capital também participa do evento ofertando 20 vouchers para Insulfilm com redução de 37,5%. Valor do produto com imposto cai de R$ 160 para R$ 100. O estabelecimento atenderá da 8h às 11h, na avenida Calógeras, 884 - Centro.

Impostos - De 1° de janeiro a 26 de maio, os sul-mato-grossenses desembolsaram R$ 8,7 bilhões aos cofres públicos municipal, estadual e federal. Desse montante, R$ 410 milhões foram pagos pelos campo-grandenses.