A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

13/02/2013 10:38

Sem negociação no Carnaval, sindicato vai discutir greve na próxima 6ª feira

Aline dos Santos
Segundo Tabosa, sindicato quer publicação de folha suplementar. (Foto: João Garrigó)Segundo Tabosa, sindicato quer publicação de folha suplementar. (Foto: João Garrigó)

O Sisem (Sindicato dos Servidores Municipais de Campo Grande) manteve para sexta-feira a assembleia que vai discutir a possibilidade de greve no funcionalismo municipal. De acordo com o presidente do sindicato, Marcos Tabosa, não houve iniciativa de negociação por parte do prefeito Alcides Bernal (PP) no período do Carnaval. “A campanha já acabou. Ele administra uma cidade com quase 1 milhão de pessoas”, afirma Tabosa.

O sindicato cobra a publicação de uma folha salarial suplementar, no valor de R$ 60 mil. O montante corresponde às gratificações que não foram pagas a 450 servidores, sendo 400 administrativos da Educação e 50 funcionários da Central de Atendimento ao Cidadão. Os abonos vão de R$ 150 a R$ 300.

No caso dos administrativos, não foi paga a gratificação do Profuncionário, curso de qualificação. Na Semed (Secretaria Municipal de Educação), o corte do programa atinge 1.300 pessoas, entre as que concluíram ou estão fazendo o curso.

A assembleia será realizada a partir das 18h30, na sede do sindicato, localizada na rua Otaviano de Souza, 58, bairro Monte Líbano.No dia 18, acontece a paralisação de advertência, com duração de 24 horas. A partir do dia 21, os servidores podem entrar em greve geral. A folha de pagamento da Prefeitura é de R$ 62 milhões, para 18,5 mil pessoas, em valores de dezembro. Desses, 15 mil concursados.



Sera que o Sr. Presidente do sindicato, Marcos Tabosa não sabe que greve alguma pode acontecer perante a Lei, quando a cidade esta em estado declarado de calamidade da Dengue, Por ipotese alguma os funcionários poderão parar de trabalhar.

A por favor reveja seus princípios.
 
evellyn fernanda gimenes mendes em 14/02/2013 10:24:16
Pelo amor de Deus prefeito Alcides Bernal, esta questão dos salários é bom que seja resolvida logo. O que faltou do meu salário, está fazendo falta e partir para uma greve logo no início do seu mandato...não é legal né? Espero que consiga resolver.
 
Regina Corsini em 13/02/2013 11:49:24
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions