ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, TERÇA  03    CAMPO GRANDE 22º

Capital

Sem remédio que "sumiu", Zenilde não pode fazer cirurgia para retirar tumor

A falta é nacional e decorre de seu uso frequente em casos graves de covid

Por Lucia Morel | 14/06/2021 18:23
Caixas do medicamento em anúncio na internet. (Foto: Reprodução)
Caixas do medicamento em anúncio na internet. (Foto: Reprodução)

Sem previsão de quando o anticoagulante Clexane voltará às prateleiras das farmácias ou aos hospitais, a artesã Zenilde Sarjione, de 61 anos, também não sabe quando poderá realizar uma operação para retirada de tumor na bexiga. Ele precisa do remédio para evitar trombose e até onde foi informada, não pode ser outro.

A falta é nacional e decorre de seu uso frequente em casos graves de covid, para evitar trombose também causada pela doença e pela compra sem prescrição por pessoas que acreditam ser um medicamento adequado se usado antes da covid-19 agravar.

Gestantes que precisam da medicação também sentem a falta e segundo Zenilde, a esperança é tentar “uma caixa aqui, outra ali”, caso consiga o medicamento após apelo a familiares em outros estados.

Ela atualmente toma Xarelto para trombose, mas precisa ser substituído para a realização da cirurgia. “Eu já fiz uma primeira cirurgia ano passado e não estava em falta. Mas segundo o médico, precisa fazer outra para retirar os resquícios e só posso agendar a cirurgia com o remédio em mãos”, conta.

Ela precisa de 14 ampolas, oito delas antes do procedimento cirúrgico. “Já liguei em hospital, em posto, nas farmácias. Não tem em lugar nenhum, nem aqui nem no interior. Já liguei em farmácias de vários municípios”, disse.

Em contato com a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde), a reportagem foi informada que “o clexane não é padronizado na Rede Municipal de Saúde, portanto não é fornecido nem adquirido de forma regular. O uso, em via de regra, é estritamente hospitalar”.

Pela SES (Secretaria de Estado de Saúde), a informação é de que há estoque do medicamento na Casa da Saúde, mas sua liberação depende de critérios. Dúvidas podem ser sanadas aqui ou pelos telefones da recepção: 3314-2710 / 3314 2700 ou da farmácia do órgão: 3314-2717 / 3314-2716.

Em março deste ano, a Sanofi Medley Farmacêutica Ltda (“Sanofi”), fabricante do remédio, protocolou perante a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), o desabastecimento temporário do medicamento Clexane® 40 mG/0,4 mL (enoxaparina sódica) "devido ao aumento da demanda local, ocasionando oscilação da disponibilidade do produto no mercado".

Direto das Ruas - A sugestão chegou ao Campo Grande News por meio do canal Direto das Ruas, meio de interação do leitor com a redação. Quem tiver flagrantes, sugestões, notícias, áudios, fotos e vídeos pode colaborar no WhatsApp pelo número (67) 99669-9563.

Clique aqui e envie agora uma sugestão.

Para que sua imagem tenha mais qualidade, orientamos que fotos e vídeos devem ser feitos com o celular na posição horizontal.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário