A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

24/02/2014 20:57

Sesau compra leito em hospital para transferir jovem com suspeita de H1N1

Alan Diógenes e Edivaldo Bitencourt

A Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) comprou leito em um hospital particular de Campo Grande para a transferência de Priscila Kelly Magalhães, 19 anos, que está internada na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do bairro Universitário, com diagnóstico inicial de infecção pelo vírus H1N1. Uma radiografia feita no pulmão da jovem revelou que o órgão está comprometido.

Não havia vaga em nenhum hospital do SUS (Sistema Único de Saúde) e a paciente não podia sair da unidade em carro particular. A família fez várias ligações ao Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), mas foi informada que ela era a oitava em uma fila de prioridades para a transferência.

Revoltados com a situação, os familiares juntaram dinheiro e contrataram um advogado. O defensor entrou com ação na Justiça nesta tarde pedindo a transferência de Priscila para um hospital.

Após a publicação da denúncia pelo Campo Grande News, o secretário de Saúde, Ivandro Fonseca, autorizou a compra de leito em hospital particular para a transferência da jovem. Segundo a assessoria de imprensa da Sesau, a compra foi realizada, pois não havia leito disponível nos hospitais da rede pública.

A urgência da transferência é devido ao estado de saúde de Priscila que requer muitos cuidados, segundo os médicos.

 

Jovem com suspeita de H1N1 está internada em UPA há 20h na Capital
O caso de uma jovem de 19 anos, que pode estar infectada com a gripe H1N1, mobiliza a família e revolta os pais em razão do descaso do poder público....
Professora de Nova Andradina morre com suspeita de H1N1
A professora Leliane Rocha Andrade Oliveira, de 28 anos, morreu neste sábado (21) em um hospital na cidade de Dourados, com suspeita de gripe H1N1. A...
Servidores do HU infectados com H1N1 já foram tratados e retornaram ao trabalho
Todos os funcionários do HU (Hospital Universitário) da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul), que foram infectados com o vírus H1N1, pop...
Campo Grande confirma segunda morte por H1N1; mais 4 ainda são investigadas
Duas mortes já foram confirmadas em Campo Grande por conta do vírus H1N1, de acordo com a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde). Quatro casos ainda a...


MENTIRAAAAAAAAAAAAAAAAAAA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Ela foi transportada pelo SAMU, acompanhada da sua tia, como paciente normal. Com a intervenção de familiares foi colocada em uma sala no setor de emergência da PEDIATRIA sem nenhum suporte de atendimento e risco de contágio para as crianças que estavam lá. Após uma convulsão, seu tio chamou a policia, que de posse do mandato judicial determinando a internação em local adequado, ela foi internada na CTI do HOSPITAL REGIONAL (Hospital PÚBLICO) e a SESAU nada fez!!!!!!!!! Infelizmente o estado dela é grave, e desde quarta-feira (19), a mesma vem buscando atendimento na rede publica de saúde de Campo Grande. Isso é lamentável!!!!!
 
Damares Danielle Nogueira da Costa em 25/02/2014 06:39:00
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions