A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

28/01/2014 13:21

Sesau realiza orientação sobre hanseníase em postos de saúde

Kleber Clajus

A Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) realiza, até sexta-feira (31), ações de prevenção e combate a hanseníase em unidades de saúde de Campo Grande. No ano passado, o município registrou 110 novos casos da doença.

As atividades ocorrem em UBS’s (Unidades Básicas de Saúde) e UBSF’s (Unidades Básicas de Saúde da Família) em toda a Capital, já nos bairros Fernando Arruda, José Abraão, Noroeste e São Conrado os trabalhos de identificação da doença foram intensificados.

Dentre os sinais e sintomas da hanseníase, que é uma doença infecto-contagiosa, estão a ocorrência de manchas brancas, marrons ou avermelhadas na pele que não coçam, formigamento, dormência e ausência de sensibilidade para frio, calor e toque.

Em média, o tratamento dura de seis a 18 meses e é realizado gratuitamente nos postos de saúde.

No ano passado foram notificados 110 novos casos da doença em Campo Grande, com índice de cura de 81%. Em 2012, o município registrou 125 novos casos e a cura alcançou 88,1%. Em ambos os casos, no entanto, a Capital não conseguiu alcançar o índice de 90% de cura, preconizado pelo Ministério da Saúde

De acordo com a Sesau, a taxa só não é superior porque muitos dos pacientes abandonam o tratamento antes de sua conclusão.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions