A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 25 de Setembro de 2018

20/02/2018 17:25

Sete bairros tem danos causados pela chuva e quatro famílias recebem ajuda

Levantamento de infraestrutura deve ser finalizado na quarta-feira

Kleber Clajus
Imóvel na Vila Romana teve muro danificado pela pressão da água da chuva (Foto: Divulgação/Defesa Civil)Imóvel na Vila Romana teve muro danificado pela pressão da água da chuva (Foto: Divulgação/Defesa Civil)

A Defesa Civil de Campo Grande registrou danos causados pelas chuvas em sete bairros, nesta terça-feira (20), bem como presta assistência a quatro famílias que moram em áreas invadidas. Foram doados cobertores, colchões e cestas básicas. Um balanço de danos na infraestrutura da cidade ainda está sendo finalizado pela prefeitura.

No Jardim Centro Oeste, houve alagamento de barracos na parte mais baixa da região. Três famílias estão nessa área e recebem o suporte da SAS (Secretaria Municipal de Assistência Social). Lonas também foram doadas pela Emha (Agência Municipal de Habitação).

Houve registro de enxurrada no Monte Castelo e Parati, enquanto a pressão da água causou a queda de muros na Vila Romana e Jardim Autonomista. Teve ainda alagamento de ruas no Nova Campo Grande e Sisep (Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos) monitora erosão no Nova Lima. Todos os dados compõe balanço parcial de ocorrências.

Para a vice-prefeita Adriane Lopes (PEN), que coordena as ações de assistência, "tudo está mapeado para não ter problema maior e estamos preparados para o atendimento [de quem precisar de ajuda]". Ela ressaltou que levantamento dos estragos na infraestrutura da cidade, como asfalto e pontes, devem ser finalizados somente na quarta-feira (21) pela Sisep.

Em relação ao acolhimento em abrigos da Capital, a SAS informou que no Cetremi (Centro de Triagem e Encaminhamento do Migrante) estão um imigrante e 34 migrantes. No Centro POP, contudo, houve diminuição no número de atendimentos de 82 para 78. Este oferta aos interessados pernoite, roupas, banho, comida e encaminhamento ao mercado de trabalho. O serviço pode ser acionado pelos telefones 98405-9528 ou 99290-8174.

Instabilidade - Durante a tarde o acúmulo de chuva no mês já somava 167,2 milímetros, ante os 191,2 esperados para todo o período. Os dados são da estação meteorológica da Embrapa e correspondem a 96,03% do acumulado previsto para fevereiro.

A explicação, conforme o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), consiste na influência de uma área de instabilidade reforçada por centro de baixa pressão de ciclone extratropical que age na região sul do país. Há alerta para tempestades, ventos de 100 km/h e granizo.

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions