A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 21 de Setembro de 2018

20/02/2018 16:00

Prefeitura mobiliza 4 órgãos para levantar prejuízos da chuva na Capital

Secretarias foram mobilizadas para atender e monitorar os casos

Kleber Clajus e Marta Ferreira
Campo Grande registrava, durante a manhã, 96%
do acumulado de chuvas para o mês (Foto: Marcos Ermínio)Campo Grande registrava, durante a manhã, 96% do acumulado de chuvas para o mês (Foto: Marcos Ermínio)

A Prefeitura de Campo Grande disponibilizou equipes, nesta terça-feira (20), para avaliar estragos causados pela chuva. Foram mobilizadas, conforme o prefeito Marquinhos Trad (PSD), estruturas da Defesa Civil, Sisep (Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos), SAS (Secretaria Municipal de Assistência Social) e Emha (Agência Municipal de Habitação).

Como busca recursos em Brasília (DF), as ações são coordenadas pela vice-prefeita Adriane Lopes (PEN) que passou o dia avaliando os estragos junto aos secretários municipais. 

Dentre os locais que receberam intervenções estão alagamento na região do Segredo, onde houve desentupimento e limpeza de bocas de lobo, além da Rua Brilhante, que somente em novembro deve ter obras de drenagem e pavimentação finalizadas pelo Exército Brasileiro, segundo informou o secretário-adjunto da Sisep, Ariel Serra.

Instabilidade - Durante a tarde o acúmulo de chuva no mês já somava 167,2 milímetros, ante os 191,2 esperados para todo o período. Os dados são da estação meteorológica da Embrapa e correspondem a 96,03% do acumulado previsto para fevereiro.

A explicação, conforme o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), consiste na influência de uma área de instabilidade reforçada por centro de baixa pressão de ciclone extratropical que age na região sul do país. Há alerta para tempestades, ventos de 100 km/h e granizo.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions