A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

31/08/2011 11:30

Sistema de registro biométrico entra em vigor dia 19 nas autoescolas

Aline dos Santos

Adesão será feita por lotes, de dez em dez centros de formação

Câmera e registro das digitais serão utilizados para vigiar frequencia de alunos. (Foto: João Garrigó)Câmera e registro das digitais serão utilizados para vigiar frequencia de alunos. (Foto: João Garrigó)

A identificação biométrica dos alunos para evitar fraudes no curso teórico para obtenção da CNH (Carteira Nacional de Habilitação) será instalada a partir do dia 15 de setembro nas autoescolas de Campo Grande. O treinamento vai até o dia 16, com implantação efetiva no dia 19.

A exigência do sistema iBio foi publicada no início de agosto. Com ele, os alunos serão monitorados por câmera, além de leitura das impressões digitais.

De acordo com a assessoria do Detran (Departamento Estadual de Trânsito), a adesão ao sistema será feita por lotes, de dez em dez centro de ensinos, até chegar aos 46 locais.

No período de um mês, vão funcionar de forma simultânea o sistema tradicional – em que o aluno assina a lista de presença – e o iBio. “Quando estiver em todas, vai ser desligado o sistema antigo”, afirma o presidente do sindicato dos CFCs (Centro de Formação de Condutores), Wagner Prado.

De acordo com ele, os centros terão custo entre R$ 300 e R$ 450 para se adequar ao iBio Gerenciamento de Aulas e iBio Validação Biométrica.

A poucos dias da implantação e teste do novo sistema, os donos de autoescolas ainda correm atrás da compra do leitor biométrico, que fará a leitura das digitais.

“O aparelho mais caro é o da biometria, que custa uns R$ 300 e vamos ter que comprar”, afirma a sócia-proprietária do CFC São Cristóvão, Keila Ferreira Farias.

As dez primeiras autoescolas que terão o sistema implantado são: Alfa, Alternativa, Campo Grande, Grand Prix (Aero Rancho), Grand Prix ( Mata do Jacinto), Kapital Pioneira, Kapital Tiradentes, Lacerda (Jardim Leblon), São Cristóvão e Vitória (Coophavila II).

Novidade - Para abrir a aula, o instrutor vai registrar sua digital no leitor biométrico e, em seguida, todos os alunos. De forma aleatória, no decorrer do tempo previsto de duração do módulo de estudo, o sistema vai sortear algumas pessoas para revalidarem a presença com nova leitura das digitais.

Ao término da aula, todos devem fazer novo registro. A tolerância será de dez minutos depois do horário programado para a aula, com recálculo do tempo.

O Centro de Formação que não cumprir as novas exigências poderá ser punido com advertência, suspensão de atividades, cancelamento do registro e da licença funcional dos profissionais vinculados ou responder processo administrativo.

De acordo com o Detran, depois de Campo Grande, o sistema será implantado em Dourados e Três Lagoas.

Terminal rodoviário de Campo Grande oferece cartões de Natal gratuitos
A rodoviária de Campo Grande, mais um ano, oferece gratuitamente cartões de Natal gratuitamente para os passageiros que passarem pelo local até o pró...
Universidade do MS recebe certificação de excelência em gestão
Será recebida pela UCDB (Universidade Católica Dom Bosco) em solenidade que acontece na próxima segunda-feira (18) o certificado de excelência em ges...


Muito bom, isso demonstra a seriedade dos órgãos que prestão serviço ao cidadão, parabéns aos legisladores e aproveitem para legislar em causa própria o CONTRIBUINTE vai gostar de saber que TODO FUNCIONÁRIO PÚBLICO, eu disse TODOS, LEGISLATIVO, EXECUTIVO E JUDICIÁRIO, vais comparecer no trabalho NA HORA CERTA, depois numa segunda etapa, vamos será prestado um SERVIÇO DE QUALIDADE aos CONTRIBUINTES, vamos contribuir para coisa certa.VAMOS COLOCAR registro biométrico em todas as áreas do GOVERNO.
 
Mario Nazar em 31/08/2011 04:07:58
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions