ACOMPANHE-NOS    
MAIO, TERÇA  11    CAMPO GRANDE 31º

Capital

Site reúne informações sobre direitos e como denunciar a LGBTfobia em MS

Lançamento do site "Cidadania LGBT" ocorreu durante live de abertura da campanha “Maio da Diversidade"

Por Adriano Fernandes | 03/05/2021 23:05
Da esquerda para direita, Mikaella Lima, Leonado Bastos e Sérgio Murilo Mota. (Foto: Saul Schramm)
Da esquerda para direita, Mikaella Lima, Leonado Bastos e Sérgio Murilo Mota. (Foto: Saul Schramm)

Site lançado nesta segunda-feira (03) pela Subsecretaria de Estado de Políticas Públicas LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais e Transexuais), reúne informações que vão desde os direitos e conceitos relacionados à estas populações até formas de denunciar a LGBTfobia em Mato Grosso do Sul.

O lançamento do portal "Cidadania LGBT" ocorreu durante live de abertura da campanha “Maio da Diversidade LGBT+ 2021”. Clique aqui e confira. A campanha tem como objetivo sensibilizar a população para a causa LGBT+ e fortalecer as políticas públicas voltadas para o segmento. Entre outros temas abordados no site também estão estudos e pesquisas e legislações acerca dos direitos LGBT+.

“Mato Grosso do Sul é pioneiro quando falamos em políticas públicas para população LGBT e hoje nos consolidamos como o primeiro Estado do país a ter um site institucional específico para a pauta LGBT. E só é possível ter esse pioneirismo e construir essa pauta porque contamos com o apoio do Governo como um todo”, comentou o subsecretário de Políticas Públicas LGBT, Leonardo Bastos.

O secretário de Governo e Gestão Estratégica, Sérgio Murilo Mota, enfatizou que as entregas de hoje fortalecem a caminhada da pauta LGBT+. “É uma vantagem do Mato Grosso do Sul, significa que nos destacamos e mostramos essa diversidade de ideias e de riquezas fomentando a cada dia as políticas públicas de forma eficiente e fazendo com que elas cheguem a todos”, disse.

a secretária geral do Fórum Estadual LGBT de Mato Grosso do Sul, Mikaella Lima, também participou do lançamento.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário