A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 21 de Setembro de 2017

21/08/2017 14:37

‘Só conseguiremos equilibrar as contas em março de 2018’, diz Marquinhos

Durante inauguração de Ceinf, prefeito agradeceu investimentos federais e estaduais; ele também lembrou de dificuldades para quitar dívidas com fornecedores e economizar para o 13º

Anahi Zurutuza e Leonardo Rocha
Marquinhos Trad discursou durante  inauguração em Ceinf (Foto: João Paulo Gonçalves)Marquinhos Trad discursou durante inauguração em Ceinf (Foto: João Paulo Gonçalves)

As finanças da Prefeitura de Campo Grande só serão equilibradas em março de 2018. A previsão é do prefeito Marquinhos Trad (PSD) que durante a inauguração de um Ceinf (Centro de Educação Infantil) na manhã desta segunda-feira (21) voltou a comentar da dificuldade para comprar com fornecedores que estão sem receber desde a gestão passada.

Marquinhos lembrou que herdou ao menos R$ 500 milhões em dívidas da administração anterior.

Conforme informou o secretário municipal de Finanças, Pedro Pedrossian Neto, em entrevista no dia 15 de agosto, R$ 363 milhões já haviam sido pagos.

O titular da Sefin (Secretaria de Finanças e Planejamento) explicou ainda que a expectativa é que todos os débitos sejam quitados até o fim do ano.

O prefeito aproveitou a presença do ministro José Mendonça Filho (DEM) na inauguração para agradecer os investimentos federais feitos e garantidos para Campo Grande. “Não estamos conseguindo investir, por causa das contas deixadas pela gestão passada”.

O chefe do Executivo municipal lembrou ainda que a prefeitura perdeu credibilidade com fornecedores, principalmente os de medicamentos, que só aceitam vender à vista para a prefeitura.

“Se não fossem essas contas, já teríamos o dinheiro do 13º salário. Estamos trabalhando para equilibrar a contas até março de 2018”, concluiu, acrescentando que a folha de pagamento do funcionalismo público municipal custa R$ 107 milhões, montante que a prefeitura precisa economizar em dobro até dezembro para pagar os servidores.

Ceinf que foi inaugurado na manhã de hoje (Foto: João Paulo Gonçalves)Ceinf que foi inaugurado na manhã de hoje (Foto: João Paulo Gonçalves)

Inauguração – O ministro da Educação, José Mendonça Filho (DEM), vem à Capital nesta segunda-feira (21) e participou da inauguração o Ceinf (Centro de Educação Infantil) do bairro Tijuca 2 – bairro localizado na saída para Sidrolândia. A cerimônia faz parte da programação comemorativa dos 118 anos de Campo Grande.

Segundo a assessoria de imprensa da prefeitura, a nova unidade escolar está funcionando desde o dia 1º de agosto e está recebendo crianças que estavam em lista de espera para as creches Marco Antonio Santullo, no Jardim Batistão, e Maria Cristina Ocáriz de Barros, também no Tijuca 2.

A obra, que foi retomada no início do primeiro semestre, estava quase pronta, mas parada desde 2012.

O valor total de investimento foi de R$ 2.488.793,01, sendo R$ 1.322.381,91 de recursos do FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação) e R$ 1.166.411,11 dos cofres municipais, a título de contrapartida.

A creche municipal tem 1.211 metros quadrados para atender 150 crianças.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions