A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

10/09/2015 16:13

Solurb diz que coleta não tem reajuste há 2 anos e cobra R$ 49 milhões

Ricardo Campos Jr.
Lixo se acumula pelas ruas de Campo Grande com a suspensão da coleta (Foto: Marcos Ermínio)Lixo se acumula pelas ruas de Campo Grande com a suspensão da coleta (Foto: Marcos Ermínio)

A CG Solurb, concessionária da coleta de lixo em Campo Grande, encaminhou ofício à prefeitura nesta quinta-feira (10) respondendo ao pedido de providências feito pelo prefeito Alcides Bernal (PP) após a suspensão do serviço. A companhia voltou a cobrar os repasses atrasados e lembrou que o município ainda deve dois reajustes, ressarcimentos e outras despesas assumidas pela empresa que somam R$ 49 milhões.

Há dois dias, o lixo está se acumulando pelas ruas da Capital principalmente na região central, onde as montanhas de sacolas plásticas se acumulam na porta das lojas e restaurantes.

O advogado da Solurb, Ary Raghiant Neto, alega que no mês passado, a prefeitura repassou apenas R$ 1 milhão à empresa referente ao saldo do mês de maio. O contrato prevê o pagamento mensal de aproximadamente R$ 7 milhões. Conforme o advogado, a prefeitura tem sido intransigente e se recusa a negociar com a Solurb.

Em ofício encaminhado no dia 21 de agosto ao município, a concessionária afirma que somente em repasses atrasados a Capital deve R$ 14.972.448,30. Além disso, há dois anos a cláusula contratual que prevê reajuste não tem sido cumprida, tendo a empresa direito a aproximadamente R$ 6 milhões.

A Solurb sustenta ainda que a coleta tem sido feita praticamente em dobro, tendo em vista que os caminhões despejam o lixo na UTR (Usina de Triagem de Resíduos) para separação e depois encaminham os rejeitos ao aterro sanitário. Essa operação, realizada desde janeiro de 2013, já custou R$ 25 milhões à companhia, conforme o documento.

Outro item questionado pela empresa no mesmo ofício é o investimento para a implementação da UTR, cerca de R$ 4 milhões, que ainda não foram ressarcidos pelo poder público.

O Campo Grande News entrou em contato com a prefeitura e até a publicação desta reportagem não houve retorno. A assessoria da Solurb informou que a empresa terá uma reunião logo mais com Bernal.



Simples. Vamos colocar os sacos de lixo em frente a Prefeitura!
 
Barbarossa em 10/09/2015 18:17:51
O prefeito tem que colocar o pessoal da prefeitura pra fazer a coleta em caminhão aberto mesmo e já começar uma licitação deixando a Solurb de fora.
 
Max em 10/09/2015 17:50:35
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions