A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

21/01/2016 19:15

Suspeita de matar manicure por ciúme vai se entregar, diz advogado

Flávio Paes

O advogado de Gabriela Antunes Santos, apontada pela polícia como principal suspeita da morte da manicure Jeniffer Nayara Guilhermete de Morais, pode apresentar a qualquer momento sua cliente, que está com prisão preventiva pela Justiça. Em contato telefônico com o delegado Alexandre Evangelista, que preside o inquérito sobre a morte da manicure, o advogado José Rodrigues Rosa diz que está avaliando esta possibilidade.

Pela manhã, em entrevista à TV Morena, ele diz que Gabriela está fora do estado e se apresentará nos próximos dias. O próprio delegado admite haver questões nebulosas ainda a serem esclarecidas em torno do caso, isto na sua avaliação vai depender do depoimento da Gabriela.

O fato de ainda não ter sido localizada a arma do crime, um revóler calibre 38, dificulta a construção de provas técnicas mais robustas sobre a participação da suspeita no assassinato. "Independente de ela se apresentar espontaneamente, estamos trabalhando na sua captura", assegura.

Também permanece em aberto, como hipótese,  a participação no crime de mais pessoas, além de Emylly Karoliny Leite e uma adolescente de 16 anos. Emylly é apontada pela Polícia como co-autora, está prisão preventiva por 30 dias.

Chegou a ser aventada uma possível partiipação do marido de Gabriela, Alisson Patrick Vieira. Ele teria sido o pivô do crime, já que a suspeita teria resolvido matar sua colega desde a adolescência por ciúmes, de um suposto relaconamento de Alisson com Jeniffer. Até agora a Polícia já ouviu 12 pessoas. No seu depoimento ,a mãe de Gabriela disse que ela lhe teria confessado (em conversa telefônica) o crime e estaria na Bahia, para onde fugiu.

O  crime -  A manicure Jennifer Nayara foi encontrada morta no último (16) na cachoeira do Ceuzinho, região do Inferninho, a 800 metros a MS-080, saída para Rochedo. Ela foi morta a tiros e seu corpo jogado de uma altura de 25 metros, onde foi resgatado após 4 horas de trabalho dos bombeiros.

Pelo que a Polícia apurou e divulgou até agora a vítima teria tido um relacionamento com o marido da jovem apontada autora do crime. Gabriela então teria planejado o assassinato por vingança. A mãe da vítima, garante que sua filha nunca teve relacionamento amoroso com Alisson. 

Conforme familiares da manicure, na sexta-feira (15), ela foi atender uma cliente no Bairro Vida Nova, quando recebeu várias de ligações no celular enquanto trabalhava. Chegou a marcar encontro com uma mulher, que morava em outro bairro  que foi buscá-la num carro branco. Depois disso não foi mais vista.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions