A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 21 de Setembro de 2018

24/10/2017 15:10

Suspeito de abuso de meninos usava Xbox para atrair vítimas

As duas vítimas que já prestaram depoimento afirmaram que eram induzidas a assistir filmes pornográficos

Geisy Garnes
Caso é investigado na DPCA. (Foto: Arquivo)Caso é investigado na DPCA. (Foto: Arquivo)

O suspeito do abuso de pelo menos oito adolescentes em um residencial do Jardim Los Angeles, em Campo Grande, tinha em casa um vídeogame Xbox, que, segundo as investigações indicam, era usado para atrair os meninos do bairro. Nos depoimentos, as duas vítimas já identificadas pela polícia relataram que iam a casa do suspeito para jogar vídeogame e lá ocorriam os abusos.

Conforme apurado pela Campo Grande News, os dois meninos de 12 anos contaram ao setor psicossocial que iam a casa do Tio Zé, como era conhecido pelas vítimas, para brincar com o Xbox que o suspeito tinha em casa. Ali, eles eram abusados e induzidos a assistir filmes pornográficos.

De acordo com o delegado Fábio Sampaio, responsável pela investigação, o modo de agir do suspeito era sempre o mesmo, as vítimas costumavam receber dinheiro e presentes do suspeito. em um dos casos ele chegou comprar uma bicicleta para um dos adolescentes.

Durante as investigações, uma comerciante da região foi ouvida e confirmou que por várias vezes presenciou o suspeito comprando salgados e refrigerantes para os meninos do bairro. O crime veio à tona após moradores gravarem a confissão de uma das vítimas e até o momento, duas famílias já procuraram a Depca (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente), para denunciar o vizinho, que trabalha como zelador.

No primeiro caso, a vítima de 12 anos confessou que era abusada há cerca de um ano. O menino passou por exame de corpo de delito que confirmou o estupro. A mãe do adolescente procurou a polícia no dia 16 deste mês, depois de ouvir boatos que o filho também era abusado pelo zelador.

Nesta segunda-feira (23), o pai de um adolescente de 12 anos foi até a unidade para registrar um novo boletim de ocorrência contra o suspeito. O adolescente foi ouvido e relatou com riqueza de detalhes os abusos. Além de confirmar a versão do amigo de 12 anos, o primeiro a levar o caso para a polícia, o menino ainda afirmou que o suspeito ‘ensinava’ atos libidinosos.

Reincidente - Conhecido como Tio Zé pelas vítimas, o homem possui passagem por furto e responde judicialmente a um processo por estupro de vulnerável contra uma menina de 11 anos. Na época, dois boletins de ocorrência contra o suspeito, que trabalha como zelador, foram registrados na Depca.

Ainda conforme Sampaio, o advogado do suspeito procurou a polícia nesta segunda-feira (23) e afirmou que o cliente está a disposição para prestar depoimento quando for chamado.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions