A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 20 de Setembro de 2018

09/11/2017 15:13

Suspeito de tráfico de humanos no RJ é preso com maconha em MS

Na ação, outros três suspeitos foram presos pelos investigadores da Denar

Geisy Garnes
Paulo Roberto foi preso em 2005 por envolvimento no tráfico internacional de adolescentes (Foto: Divulgação)Paulo Roberto foi preso em 2005 por envolvimento no tráfico internacional de adolescentes (Foto: Divulgação)

Durante o combate ao tráfico de drogas em Campo Grande, investigadores da Denar (Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico) prenderam Paulo Roberto Machado Freire, apontado pela polícia do Rio de Janeiro como integrante de uma quadrilha especializada no tráfico internacional de pessoas. Outros três suspeitos foram presos na ação.

Paulo Roberto foi preso em flagrante por porções de maconha nesta quarta-feira (9) com outros dois suspeito, Thalys Wanderson Hormung Lima e Jesse Fernandes de Oliveira, em uma casa no Indubrasil.

Em 2005 Paulo foi preso durante a Operação América, realizada pela polícia do Rio de Janeiro, por envolvimento com o tráfico internacional de adolescentes. As meninas eram atraídas pela quadrilha e enviadas para países como Alemanha, Grécia, México, Estados Unidos e Chile, para fins de prostituição. Freire, segundo a polícia, era o responsável pela emissão dos passaportes das vítimas.

De acordo com o delegado João Paulo Sartori, todos os presos possuem uma extensa ficha criminal. Thalys Wanderson Hormung Lima estava com um mandado de prisão em aberto e quando foi abordado chegou a apresentou um documento falso para a polícia. Já Jesse foi preso pela última vez em setembro deste ano, quando tentou subornar policiais com R$ 10 mil para escapar de uma embriaguez ao volante.

Ainda nesta terça-feira (8), os policiais prenderam Kennedy Roger do Nascimento Santos com 150 gramas de cocaína. O rapaz foi flagrado uma residência do Jardim Itamaracá e autuado por tráfico de drogas.

Outras três pessoas foram presas pela equipe da Denar (Foto: Divulgação)Outras três pessoas foram presas pela equipe da Denar (Foto: Divulgação)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions