A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 15 de Agosto de 2018

15/07/2016 18:11

Suspeito de vender diplomas por R$ 15 mil se cala em depoimento

Guilherme Henri
Mandado de busca e apreensão foi cumprido em uma farmácia, na avenida Guaicurus (Foto: Amanda Bogo)Mandado de busca e apreensão foi cumprido em uma farmácia, na avenida Guaicurus (Foto: Amanda Bogo)

Suspeito de integrar um suposto esquema de venda de diplomas universitários por R$ 15 mil usou seu direito de permanecer em silêncio durante depoimento na tarde de ontem (14), na Denar (Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico).

De acordo com o delegado que cuida do caso, João Paulo Sartori, o próximo passo é averiguar se o suspeito chegou a vender algum diploma, pois há indícios de que o homem ainda se preparava para o comércio ilegal. “O nome dele será preservado pelo menos no início das investigações”, disse o delegado, que ainda destacou que os documentos apreendidos ainda passam por perícia.

Na manhã desta segunda-feira (11), policiais da Denar (Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico) cumpriram mandados de busca e apreensão em uma farmácia na avenida Guaicurus, de onde foram levados documentos, celulares e computadores do “fabricante” dos certificados de conclusão em graduações, especializações e mestrados.

A investigação começou após denúncias anônimas. Conforme o delegado-titular da Denar, Rodrigo Yassaka, investigadores apuraram até agora que os diplomas eram negociados por telefone e pelo WhatsApp por até R$ 15 mil.

O suspeito de praticar o comércio ilegal teria tentado vender certificados a professores que fizeram o concurso da Semed (Secretaria Municipal de Educação) neste ano.

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions