A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 25 de Setembro de 2018

19/03/2018 20:11

Suspeito preso por roubo a açougue responde por tentar matar o irmão

Adriano Gonçalves e a cunhada planejaram o atentando em janeiro do ano passado.

Adriano Fernandes e Geyse Garnes
Adriano sendo preso por policial, esta tarde após tentativa de fuga. (Foto: Roberto Higa) Adriano sendo preso por policial, esta tarde após tentativa de fuga. (Foto: Roberto Higa)

Preso durante tentativa de roubo a um açougue, esta tarde (19) no Jardim Centro Oeste em Campo Grande, Adriano Gonçalves, 21, também responde processo por ter tentado matar o próprio irmão, Alexandre Gonçalves em janeiro do ano passado.

Na ocasião, a cunhada de Adriano, Geovana da Silva, foi quem acertou os tiros no rapaz, durante o atentado no cruzamento Rua Antídio Souza Guedes com a Luis Gustavo no Jardim Los Angeles.

Em depoimento a justiça, Adriano admitiu que tinha desentendimentos com irmão por ele ser usuário de drogas. E que tentou matar Alexandre depois que ele invadiu e roubou sua residência.

Adriano junto da irmã de sua esposa em uma moto, procuraram o rapaz pelo bairro até que o encontraram no cruzamento. Foi a mulher quem efetuou os disparos enquanto ele pilotava a motocicleta. A vítima não morreu e desde então a dupla respondia pela tentativa de homicídio em liberdade.

Ainda conforme o delegado Reginaldo Salomão da DERF (Delegacia Especializada em Roubos e Furtos), Adriano também é suspeito de um estupro em julho do ano passado.

Roubo e troca de tiros – Adriano e mais dois bandidos roubavam um comércio de carnes no Jardim Centro Oeste, quando um “justiceiro” efetuou disparos do outro lado da rua para impedir o crime. Bandidos e atirador misterioso começaram uma intensa troca de tiros e um dos assaltantes, de 17 anos, foi baleado. Com a chegada da polícia os bandidos tentaram fugir.

E, após pular vários muros, Adriano Gonçalves acabou encurralado pela Polícia Militar no quintal de uma casa na Rua dos Embus. Com ele as equipes encontraram o dinheiro levado do comércio e também um celular.

Gonçalves acabou confessando o crime e relatou que o terceiro envolvido no roubo, identificado como Lucas, havia fugido com dois revólveres. Com um tiro nas costas e a bala alojada no tórax, o outro suspeito foi socorrido para a Santa Casa.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions