ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, SEXTA  21    CAMPO GRANDE 29º

Capital

Tempestade alaga Duque de Caxias e obriga motorista parar carro na Afonso Pena

Ventania derrubou galhos de árvore e assustou motoristas que trafegavam pelo Centro

Por Jhefferson Gamarra | 26/11/2023 11:23



A forte chuva acompanhada de ventos e granizo que atingiu Campo Grande no fim da manhã deste domingo (26) pegou motoristas que trafegavam pelas principais avenidas da Capital de surpresa.

A força dos ventos e volume da chuva alagou a Duque de Caxias, derrubou galhos de árvores centenárias na Afonso Pena e condutores estacionarem os veículos em local seguro como medida de precaução.

“O vento estava muito forte e com muita chuva, precisamos parar por uns 15 minutos até amenizar, ainda mais porque estamos com criança no carro”, relatou a jornalista Cristina Fai, 40 anos.

Galho de árvore não resistiu a força dos ventos (Foto: Direto das Ruas)
Galho de árvore não resistiu a força dos ventos (Foto: Direto das Ruas)

Apesar da intensidade da chuva, não foram registrados grandes incidentes ou desabrigados até o momento. No entanto, o temporal não poupou outras regiões da cidade, causando alagamentos também na Avenida Ernesto Geisel, Mascarenhas de Moraes, Júlio de Castilho e áreas do Aero Rancho.

O Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) emitiu um alerta para todo o Mato Grosso do Sul, indicando perigo de tempestades com previsão de chuvas entre 20 e 30 mm/h, podendo chegar a 50 mm/dia, além de ventos intensos de até 60 km/h.

Diante desse cenário, as autoridades meteorológicas orientam a população a tomar precauções específicas, como evitar se abrigar debaixo de árvores devido ao risco de queda e descargas elétricas. Também é recomendado não estacionar veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda, além de evitar o uso de aparelhos eletrônicos ligados à tomada durante tempestades.

Em caso de emergência, a Defesa Civil (199) e o Corpo de Bombeiros (telefone 193) estão disponíveis para prestar assistência à população.

Nos siga no Google Notícias