A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

20/11/2015 18:00

Temporal interditou 36 ruas, destruiu semáforos e causou caladão e apagão

Ricardo Campos Jr. e Thiago de Souza
Era impossível transitar pela Rua Goiás, no Jardim dos Estados. (Foto: Fernando Antunes)Era impossível transitar pela Rua Goiás, no Jardim dos Estados. (Foto: Fernando Antunes)
Queda de árvores causou prejuízos e transtornos ao trânsito. (Foto: Direto das Ruas)Queda de árvores causou prejuízos e transtornos ao trânsito. (Foto: Direto das Ruas)

O temporal que atingiu Campo Grande na madrugada desta sexta-feira (20) derrubou pelo menos 60 árvores, interditando 36 ruas na cidade. Segundo informações da Defesa Civil, em algumas vias mais de uma planta veio ao chão. O Corpo de Bombeiros recebeu 36 chamados para remover galhos do asfalto e está ajudando as equipes do município, que só dispõem de duas motosserras e pediram equipamentos emprestados ao Exército e Energisa para fazer os cortes.

Segundo o tenente-coronel Hudson Faria de Oliveira, a corporação está priorizando os lugares com risco de acidente, já que a situação é considerada de emergência.

A Capital tem ainda 39 semáforos com problemas, sendo 27 completamente desligados, dez piscando no sinal amarelo intermitentemente e dois caídos. No cruzamento da Rua Paraíba com a 15 de Novembro, o dispositivo sofreu danos irreversíveis e não poderá ser consertado hoje.

Foi providenciada a interdição da Rua Paraíba para quem segue sentido Avenida Afonso Pena para reduzir as chances de acidentes. Até o fim da tarde, equipes da Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito) estarão no local orientando os motoristas.

Ainda conforme a Defesa Civil, foram registradas quedas de energia nos bairros Coronel Antonino, Jardim Seminário, Monte Castelo, Nova Campo Grande, São Conrado, Portal Caiobá, Centro, Itanhangá, São Lourenço, Vila Glória, Jardim Noroeste, Maria Aparecida Pedrossian e Tiradentes.

Também foram registrados nove casas destelhadas, sendo três na Rua Beira Rio, no Buriti; três na Rua Barranquilha, no Santa Emília; uma na Rua Guanviraí, no Rancho Alegre e duas na Rua Pacas, no Mário Covas.

Uma força tarefa foi montada com 40 guardas municipais, toda a equipe da Defesa Civil, agentes de trânsito e funcionários da Seintrha (Secretaria Municipal de Infraestrutura, Transporte e Habitação) para agilizar a desobstrução de vias, religamento de semáforos e outros serviços.

Fiação – Além da falta de luz, algumas regiões ficaram sem telefone e internet. A Oi informou que três equipes foram mobilizadas para recuperar as redes que eventualmente foram afetadas pela tempestade.

A assessoria de imprensa da Vivo e GVT informou que os clientes podem ter encontrado dificuldades nos serviços de dados e voz, entre as 6 horas e 9 horas, e que acionou equipes para normalizar os serviços. A Net vai divulgar em breve se houve ou não problemas em sua rede de telecomunicações. 

O Paço Municipal e a CAC (Central de Atendimento ao Cidadão) ficaram sem energia, internet e telefone na manhã de hoje e os funcionários tiveram que ser dispensados, já que não havia previsão de retomar os serviços.

Na Rua Carlos Chagas, árvore interditou totalmente a via (Foto: Gerson Walber)Na Rua Carlos Chagas, árvore interditou totalmente a via (Foto: Gerson Walber)



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions