A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

24/04/2016 07:52

Tentativa de roubo tem bebê refém, um ladrão baleado e outro espancado

Caroline Maldonado e Guilherme Henri

Tentativa de assalto no Jardim Noroeste teve tiros, um bebê feito refém e terminou com um adolescente de 16 anos espancado por moradores, na noite de sábado (23). Dois assaltantes renderam pai e filho que chegavam na casa das vítimas, mas uma delas reagiu e tirou a arma do assaltante, que, ainda assim, conseguiu ir até o quarto da criança e usá-la para escapar. Ele fugiu, enquanto o comparsa apanhou da vizinhança e agora está na Santa Casa.

Conforme a polícia, o pai, de 41 anos, chegou de carro em casa, acompanhado do filho, de 22 anos. Quando abriram o portão, os dois foram rendidos por uma dupla armada. Os assaltantes mandaram os moradores deitarem no chão.

Na casa, havia ainda três crianças, uma de 13, outra de 6 anos e um bebê de 4 meses. Com medo do que poderia acontecer, o pai reagiu, lutando com o assaltante que estava armado. Ele segurou o cano do revólver e conseguiu pegar a arma. Nesse momento, o revólver disparou, o assaltante foi atingido e os tiros chamaram a atenção dos vizinhos.

O filho ficou vigiando o homem ferido, que conseguiu escapar para o quarto da criança, enquanto o pai saiu de casa em busca do outro ladrão, um adolescente. O assaltante então disse que só libertaria o bebê se pudesse fugir.

A vítima abriu a porta e, antes de sair do local, o criminoso passou na cozinha e pegou uma faca. Novamente, o morador tentou impedir a fuga e acabou desacordado, mas sem ferimentos. O assaltante conseguiu fugir, mesmo baleado.

Na frente da casa, o adolescente já havia sido capturado pelos vizinhos e foi espancado. Devido aos ferimentos, ele foi levado à Santa Casa. Segundo o delegado Enilton Zalla, o assaltante que fugiu ainda não foi identificado, mas a polícia investiga o caso. 



Absurdo usar o bebe como refém! E as crianças, o psicológico como fica?
Já que as leis não muda para punições mais severas.. Tem que meter bala nesses vermes.
Levantar cedo e ir trabalhar dignamente não quer, na concepção deles a alternativa é dinheiro fácil não importando como se consegue!
Aí quando é preso ou morto, o coitadinho vira refém da sociedade, que marginalizou e não deu oportunidade para os "pobrezinhos"
Sou super a favor da Lei do Talião!
#BandoDeLixo
 
Dayane Amaral em 25/04/2016 09:40:03
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions