A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

20/01/2012 09:10

Terreno da prefeitura é desocupado no bairro Dom Antônio Barbosa

Aline dos Santos

Reintegração de posse foi cumprida na manhã desta sexta-feira

Um terreno com barracos ao lado do residencial José Teruel Filho, mais conhecido como Cidade de Deus, está sendo desocupado na manhã desta sexta-feira. A área pertence à prefeitura, que obteve ordem de despejo na justiça. A decisão é do juiz Ricardo Galbiati, da 2ª Vara de Fazenda Pública de Campo Grande.

A reintegração de posse foi cumprida pela Cigcoe (Companhia Independente de Gerenciamento de Crises e Operações Especiais).De acordo com o major Marcos Paulo Gimenez, 40 policiais, incluindo a Tropa de Choque, foram ao local.

O terreno fica na rua Emiliana Arruda de Aráujo, esquina com a Professor Antônio Teófilo Cunha, no bairro Dom Antônio Barbosa, imediações do Lixão.

Não houve resistência, e os barracos foram desmontados. Conforme o major, a prefeitura disponibilizou caminhões para transportar os pertences das famílias despejadas.

Em setembro, logo após a entrega do residencial, um grupo de moradores não contemplado com imóveis fez protesto na Emha (Empresa Municipal de Campo Grande), que chegou a fechar as portas devido à mobilização popular.

Segundo os moradores, 23 famílias ficaram sem casa. O grupo alega que os barracos não foram cadastrados pela equipe de assistência social da Emha porque os moradores estavam trabalhando no Lixão.

Ao todo, foram construídas 362 casas. O residencial teve investimento de R$ 7 milhões. Cada imóvel tem 35 metros quadrados de área construída, com dois quartos, sala, cozinha, banheiro e área de serviço.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions