A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 25 de Setembro de 2018

14/02/2018 06:53

Três são presos em mais uma noite de confusão após Carnaval no Centro

Em três noite de Carnaval, a Polícia Militar teve que usar bombar de efeito moral para dispersar foliões que bloqueavam ruas no entorno

Viviane Oliveira
Policiais do Batalhão de Choque usaram bombas de efeito moral para dispersar multidão após briga a garrafadas (Foto: Paulo Francis) Policiais do Batalhão de Choque usaram bombas de efeito moral para dispersar multidão após briga a garrafadas (Foto: Paulo Francis)

Três homens, sendo dois de 18 anos e um de 19 anos, foram presos por desacato em confusão após o desfile de blocos de Carnaval no Centro de Campo Grande na madrugada desta quarta-feira (14). Em três das seis noites de festa na região da Esplanada Ferroviária, a Polícia Militar precisou usar bombas de gás lacrimogêneo para dispersar grupos que bloqueavam ruas após os festejos. 

Conforme informações do boletim de ocorrência, por volta de 1h30, durante dispersão de um grupo que se aglomerava no cruzamento da avenida Mato Grosso com a rua 13 de Maio, quatro homens atiraram garrafas de vidro contra a viatura. Eles ainda incitavam outros foliões para resistirem e a jogarem objetos na equipe policial.

Três dos quatro acusados foram detidos e durante a abordagem passaram a ameaçar e a xingar os policiais com frases do tipo: “Quando eu falar com o meu pai vocês vão se f*, bando de pés-rapados”. Eles foram algemados e levados à Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro, devendo responder por desacato.

Antes do horário - Na noite de terça-feira (13), a festa sequer se estendeu até a madrugada antes de ser encerrada pelas equipes do Batalhão de Choque, após uma briga com garrafadas entre os envolvidos. Conforme relatos de testemunhas, tudo começou com quatro rapazes brigando na avenida Calógeras. 

Em seguida, os policiais chegaram e dispersaram a multidão que estavam ali. A previsão era que a festa na região terminasse por volta da meia-noite, horário limite para uso do som alto. Porém, a intervenção policial fechou a entrada para a Esplanada Ferroviária cerca de 30 minutos antes de acabar o som do Cordão Valu. O público só pode sair, não mais entrar.

Os foliões, então, seguiram para a avenida Mato Grosso, onde vários jovens se aglomeravam, sendo também necessária dispersão. Na área onde fica o Cordão Valu, a festa prosseguiu durante toda a noite, sem registro de problemas.

Após folia e confusão, o entorno da Esplanada Ferroviária amanheceu tomada por lixo (Foto: André Bittar)Após folia e confusão, o entorno da Esplanada Ferroviária amanheceu tomada por lixo (Foto: André Bittar)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions