A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

17/07/2013 16:39

UFMS diz que respeita manifestação contra reitoria, mas não vai se manifestar

Evelyn Souza

A assessoria de imprensa da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) disse que a instituição respeita as manifestações democráticas, mas que não vai se pronunciar sobre o protesto marcado para as 17h dessa quarta-feira (17), em Campo grande.

O motivo segundo a assessoria, é porque os alunos organizaram o manifesto por conta própria e não encaminharam a pauta de reivindicações para a diretoria. 

O ato que é contra a reitora da Universidade, Célia Maria Correa, foi marcado através do facebook e será realizado na Concha Acústica do CCHS.

A página que tem o nome #Fora Célia tem 113 presenças confirmadas. Conforme a descrição do evento, o objetivo é discutir a atual situação da universidade.

Segundo os alunos, o grande estopim para a ação estudantil foi o escândalo da saúde em Campo Grande, que envolveu o Hospital Universitário, administrado pela UFMS.

Célia Maria Silva Correa chegou a ser convocada para depor na CPI da Saúde. Ela enfrenta a resistência dos movimentos estudantis da UFMS. Nas últimas eleições, teve menos votos que outros candidatos, mas por causa do sistema de peso, acabou ficando em primeiro.

A página no Facebook sobre a manifestação é a https://www.facebook.com/events/150598301800030/?ref=3.

A reportagem não conseguiu conversar com a professora Célia Maria, que está em Brasília para uma reunião com a Comissão de Autonomia da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes).



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions