A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 22 de Setembro de 2018

26/11/2017 12:51

Vento destelhou 5 casas em área que recebeu famílias do Cidade de Deus

"Vi minha casa no chão", desabafa moradora de loteamento afetado por temporal

Liniker Ribeiro e Mirian Machado
Parte do telhado destruído após temporal na região do Vespasiano Martins (Foto: Marcos Ermínio)Parte do telhado destruído após temporal na região do Vespasiano Martins (Foto: Marcos Ermínio)

Representantes da Defesa Civil estiveram mais uma vez na região do loteamento Vespasiano Martins, na manhã deste domingo (26), para acompanhar a situação das famílias que tiveram suas casas destelhadas pela força do vento, durante a chuva na tarde de ontem.


No local, cinco residências foram destelhadas e os moradores estão recebendo lonas para ajudar cobrir os cômodos e móveis que restaram. Na rua Projetada, o telhado da residência onde a balconista Regiane Nascimento, 30, mora com os três filhos, de sete meses, três e dez anos, não resistiu ao temporal.

"Eu estava na casa da minha mãe [em frente de onde ela mora] e quando saí pelo portão, vi minha casa no chão, tava tudo destruído e eu fiquei sem reação", comentou Regiane. A moradora contou ainda, ter perdido roupas das crianças, colchão, fraldas e um guarda-roupas.

Como a previsão para hoje é de mais chuva, segundo o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), vizinhos da balconista se mobilizaram para tentar salvar as telhas que restaram, por medo de perder ainda mais coisas.

Quem também teve a casa destelhada foi a auxiliar de serviços gerais, Prenda José Lili, 45, moradora da rua Estácio Cunha Martins. Segundo ela, que estava na companhia do marido, filho e da mãe na hora do temporal, o "vento estava muito forte e ficamos segurando a porta da sala com medo da chuva levar, mas acabou que parte do teto é que foi arrancada".

As telhas atingiram o telhado e um carro na casa vizinha, danificando as duas coisas. O vidro da frente do veículo ficou trincado após o impacto.

Apesar do auxilio das equipes da EMHA e Defesa Civil, os moradores afirmam estar descontentes com a situação de moradia no local. "Nunca passamos na cidade de Deus, por tudo o que já passamos aqui. Mais uma vez perdemos tudo de novo. Nos entregaram lonas, mas o que vamos resolver com lona?", questionou Prenda.

Temporal - Em menos de 30 minutos, o temporal de ontem à tarde veio acompanhado de ventos de 61,56 km/h e derrubou árvores, fiação elétrica e destelhou casas, por volta das 15h, em Campo Grande. Segundo o Inmet, a chuva de 3.4 milímetros atingiu algumas regiões da cidade.

Para este domingo, a previsão é de tempo nublado, com pancadas de chuva isoladas ao longo do dia, na Capital. Os ventos devem ser de fracos e moderados, garante a meteorologia, com umidade relativa do ar entre 40% e 90%. A temperatura máxima será de 28°C, enquanto a mínima de 23°C.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions