A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

16/05/2011 07:39

Vítima de acidente no centro teria furado sinal vermelho

Francisco Júnior e Ítalo Milhomem

Jovem chegou a ser socorrido, mas não resistiu

 Vítima de acidente no centro teria furado sinal vermelho

Anderson Ramos da Silva, 23 anos, que morreu em um acidente ocorrido por volta das 6 horas no centro da Capital, teria furado o sinal vermelho do cruzamento da avenida Fernando Correa da Costa com a rua 14 de Julho. A informação foi repassada à Polícia por testemunhas do acidente.

O jovem conduzia a moto Biz, de placa NJC-5410 de Matupá (MT) , pela avenida Fernando Correa da Costa sentido centro ao bairro, quando foi colhido pela caminhonete S10, de placa HTA-3696, conduzida Marcos Antônio Pinheiro.

Anderson chegou a ser socorrido pelo Corpo de Bombeiros, mas não resistiu aos ferimentos e acabou morrendo.

A moto dele ficou completamente destruída. Por causa do acidente, uma pista da Fernando Correa da Costa foi bloqueada, assim como o acesso a rua 14 de Julho.

Em 36 horas, esse é o segundo acidente com morte registrado na Capital. No sábado (14), Daniel Alves da Silva, 24 anos, teve morte instantânea ao colidir o veículo que conduzia em um poste na avenida Gury Marques, no bairro Universitário, em Campo Grande.

De acordo com a Polícia, com o impacto, o rapaz foi lançado para fora do Gol dirigido por ele, que ficou completamente destruído.



Bom eu,conhecia o Anderson ele era instrutor de moto da auto escola,granpix.
E foi um 'otimo instrutor.formou muitos alunos.que pena que ele estava com mt pressa.
 
vanessa cardoso em 10/10/2011 02:28:27
Esses dias li uma frase que deveria-mos pensar com carinho.
"É melhor chegar atrasado nessa vida que adiantado na outra."
 
Geraldo Garcia Antero em 17/05/2011 09:33:45
Essa história se repete quase que diariamente e não mudam os comentários e nem o pensamento da população. O que causa os acidentes não é apenas a falta de sinalização e maior compromisso da Agetran e Detran. O que falta efetivamente nesta cidade é a educação. Não apenas no trânsito mas em todos os aspectos e setores e enquanto esbarrarmos com os mal educados, tudo vai continuar na mesma. Uma cidade onde os que querem e precisam andar mais rapidos no trânsito devem fazer os maiores malabarismos para ultrapassar os que acham bonito andar na esquerda a 10 por hora, alem de ficar freando na frente sem entender que sinal de luz é apenas um pedido de ultrapassagem e não uma ofensa; Ainda há as passagens de cruzamento que ficam fechadas pois ninguem dá preferencia aos que estão em movimento e preferem fechar todo o trânsito porque acham que a rua é sua. E ainda há os que não dão passagem de maneira nenhuma e fazem isso conscientemente porque não são educados para coisa nenhuma. Então, finalizando, o que realmente falta em Campo Grande é povo educado. E por culpa destes é que morrem jovens todos os dias.
 
Lara Cardoso em 17/05/2011 09:07:59
Achei melhor mesmo este condutor que se deu mal estar numa biz do que numa S-10, poderia ter matado outra pessoa com essa cabeça.
 
Gabriel Ramos em 17/05/2011 07:38:21
De nada vale implantação de controladores de velocidade, de blitzes, de fiscalização ou de qualquer outro sistema que obrigue os condutores a andarem "na linha", se o próprio condutor não tiver a boa vontade de colaborar. Vemos que, na grande maioria, os acidentes são causados por imprudência e não por falta de sinalização, fiscalização, orientação, etc. Sem contar nas diversas propagandas que vemos na tv orientando o cidadão sobre faixa de pedestres, semáforo, coisas que aprendemos na escola e que as pessoas simplesmente ignoram.
Enquanto o povo não decidir andar certo, infelizmente ainda teremos muitas mortes, muitas vítimas inocentes e muita indignação por aí.

A DECISÃO É NOSSA!
 
Anderson Ferreira do Nascimento em 17/05/2011 07:35:06
Booom. eu acho que a fiscalização não tem nada a ver. a culpa foi dele, gente assim pede pra morre, o cara ta de moto, o cara vai me fura sinal. falo nada, só acho que ngm tem que culpar os policiais de transito, ou a sinalização. Campo Grande tem muito que melhorar ainda.. mais não acho que nesse caso a culpa seja da sinalização, que ali esta muito bem sinalizado.. o cara pediu né..
 
Maria Eduarda em 17/05/2011 01:23:27
Olha, eu acredito que seja problema de educação mesmo. A sinalização está lá, basta obedece-la. Ta aí, morreu por não esperar 1 minuto no semáforo.
Ta certo que em CG onda verde é piada, anda-para, anda-para, o que acaba irritando, mas mesmo assim tem que obedecer a sinalização, isso não foi culpa de autoridade nenhuma, mas puramente do rapaz.


Falo como motociclista, tem que rever a forma como os condutores são formados, rever como é ensinado andar de moto. Eu vou dar um exemplo prático: Na auto-escola, a maioria ensina a freiar somente com o freio traseiro, com a lenda que "o dianteiro trava a roda". Pura lenda, quando se freia, o peso é jogado para frente. É o freio da frente que para a moto, o traseiro estabiliza a freiada ( para traseira não jogar para o lado ). Até a freiar ensina errado. Existe teste onde se vê a diferença de quem usa os dois freios e quem usa somente o traseiro, se não me engano da mais de 70% de diferença.
Isso é só um exemplo, ficar fazendo onde na pista de equilíbrio e andar naquela pistinha do Detran é fácil, se manter vivo no trânsito é diferente. É SABER como se posicionar para ser visto pelo motorista do carro a frente/lado. É saber ler sinais de quando um carro pode virar ( acredite se quiser, muita gente não usa seta, sabia? ), é saber respeitar as leis de trânsito.
Infelizmente, moto é preferencia da garotada irresponsável, e acaba "queimando" todos nós.
Ando de moto porque gosto, não troco moto por carro, só pra carregar minha familia. tenho ciência de que, estando certo ou errado, quem vai estar estirado no asfalto sou eu, então ando atento o máximo que posso, e dou preferência sempre que posso. É simples questão de educação. Quantas vezes já me livrei de acidente por estar devagar...
 
Jean Carlos dos Santos em 16/05/2011 12:46:55
É uma pena que os jovens estão morrendo em acidentes, fico triste pois tambêm sou jovem, mas é muito complicado saber que sou jovem e não quero morrer no transito, para mim, os jovens como eu morrem por imprudencia, falta de responsabilidade e pela tamanha ignorancia do ser humano. Como todo jovem eu trabalho tenho 25 anos de idade, possuo meu próprio carro e uma motocicleta, gosto de passear em Campo Grande quinta, sexta sabado etc no periódo noturno, tambêm trabalho dia de semana com meu carro a partir das 5 da manhã e somente chego em minha casa umas 23hrs no final de minha aula. Resumindo, nunca bati o carro, sempre me cuidei e protegi o transito, as veses sinto que oque falta nestes jovens que estão morrendo não é mais policiais ou sinalização e sim educação e respeito pela sociedade em que vivemos, tenho medo de passear em Campo Grande e alguem bater em meu carro e me machucar ou mesmo os ocupantes do mesmo, sinto medo de alguem morrer por bater em meu carro. O jovens que morrem hoje em nossa capital, não é o jovem que sai sabado anoite com sua namorada para ir em um restaurante da cidade, tomar um litro de vinho ou 5 cerveja e voltar para casa 2 hrs da madrugada, o jovens que estão morrendo e causando acidentes fatais matando inocentes tambêm, são os jovens desrregrados que vivem em um mundo esquisito pela falta de educação e amor a própria vida. E isso acaba prejudicando toda uma sociedade.
 
Eduardo Dalefi em 16/05/2011 12:07:57
EDUCAÇÃO NÃO SE APRENDE NA "ESCOLA".
EDUCAÇÃO NÃO SE APRENDE NA "AUTO ESCOLA".

NÃO EXISTE BOLA DE CRISTAL PARA QUE POSSAMOS ADIVINHAR O QUE O OUTRO CONDUTOR IRA FAZER.

PORTANTO REDUÇÃO DE VELOCIDADE, DIREÇÃO DEFENSIVA SEMPRE E AMOR AO PROXIMO PODE NÃO EVITAR TANTAS TRAGEDIAS, MAS PODERA DIMINUI-LAS. AMIGOS MOTORISTAS E MOTOCICLISTAS NENHUM SER HUMANO E FEITO DE AÇO. VAMOS PRESERVAR NOSSAS VIDAS??????
 
Ivone do Carmo em 16/05/2011 11:34:33
Concordo com o Oswaldo Benites.
O máximo que podemos perder além dos 30 segundos também
é a moto, a carteira e o celular num semáforo de madrugada (que não foi esse caso).
E isso já é um problema pra parte de segurança do Estado.
Mas nada se compara à perder a vida!
Respeito às leis, mesmo sendo falhas, ainda é a melhor saída no trânsito.
 
Fábio de Souza Lopes em 16/05/2011 11:30:45
O TRÂNSITO NOSSO DE CADA DIA.



VIVEMOS HOJE UMA SITUAÇÃO DIFÍCIL COM RELAÇÃO AO NOSSO DIREITO DE IR E VIR, POIS NESTE IR E VIR ENCONTRA-SE NO MEIO O NOSSO TÃO CAÓTICO TRÂNSITO

QUE MUITO MAL ADMINISTRADO POR NOSSOS DIRIGENTES EM TODAS AS ESFERAS PUBLICAS, E COM ESTAS VERBAS MAL COLOCADAS NO NOSSO IR E VIR, SÃO RUAS ESBURACADAS, CALÇADAS CHEIAS DE BURACOS (ONDE AS TENHA) NÃO TEM ACESSIBILIDADE AOS CADEIRANTES, ENFIM UM VERDADEIRO CAOS, MOTORISTAS MAL EDUCADOS, VEICÚLOS EM MAL ESTADO DE CONSERVAÇÃO (MUITOS POR CAUSA DAS VIAS QUE SÓ DEIXAM A DESEJAR) AGORA PERGUNTO; E O MEU DIREITO DE IR E VIR?

ESTÁ NOS LIVROS DO DIREITO, NO C.T.B. NA CONSTITUIÇÃO E EM OUTROS TANTOS DO DIREITO. COMO FICA? COMO FICA A FAMÍLIA DOS ACIDENTADOS DO TRÂNSITO PELO

MAL ESTADO DE CONSERVAÇÃO DE NOSSAS VIAS, PELOS SINALEIROS DA VIDA QUE NÃO FUNCIONAM, PELOS CRUZAMENTOS SEM SINALIZAÇÃO ONDE NINGUÉM SABE QUEM TEM A PREFERÊNCIA... MAS A INDÚSTRIA DA MULTA ESTA AI. SERÁ QUE UMA CAMPANHA DE TRÂNSITO BEM DIRECIONADA NÃO SERIA MELHOR? COLOCA-SE EM FRENTE UMA ESCOLA TODO DIA 50 ALUNOS EM CADA PERÍODO JUNTOS A 2 OU 3 POLÍCIAIS DE TRÂNSITO PEDINDO AOS MOTORISTAS UM POUCO MAIS DE EDUCAÇÃO NO TRÂNSITO, COM DISTRIBUIÇÃO

DE MATERIAL SOBRE ACIDENTES ENVOLVENDO MOTORISTAS MAL EDUCADOS E BEBADOS AO VOLANTE (MATERIAL NÃO FALTA, COM CERTEZA. POIS TEMOS TANTAS SITUAÇÕES

(DESCRITA PELA MIDIA LOCAL) AI TALVEZ CAIA NA REALIDADE ALGUNS ELEMENTOS QUE SE ACHAM O MÁXIMO QUANDO ALCOOLIZADOS E QUANDO SÃOS PARECEM SUPER INOFENSIVOS, TRANSFORMANDO UM VEÍCULO EM ARMA MORTAL. POIS NOSSA LEGISLAÇÃO BRANDA E ENIFICIENTE COLOCA O CONDUTOR COMO VÍTIMA E A VÍTIMA COMO

AUTOR, SITUAÇÕES ONDE O FAMOSO RACHA DAS MADRUGADAS TEM CEIFADO A VIDA DE JOVENS ESTUDANTES TOTALMENTE INOCENTES QUE ATRAVESSA UM SINAL VERDE. SINAL QUE SIMBOLIZA A VIDA OU SIGA ADIANTE COM SEGURANÇA E É COLHIDO POR TAIS RACHEIROS E NOVAMENTE PERGUNTO EU; O QUE SE PODE FAZER? A AUTORIDADE SE ESFORÇA PARA ENQUADRAR DENTRO DAS LEIS... MAS AS BRECHAS JURIDICAS ESTÃO AI. NO FINAL PAGA SE UM SACOLÃO E QUEM PERDEU UM FILHO OU FILHA FICA A MERCÊ DO DESESPERO. TEMOS SAIDA SIM. O NOSSO DIREITO DE IR E VIR PODE SER AINDA RESGATADO POR NOSSOS POLÍTICOS E ADMINISTRADORES, BASTA UM POUCO MAIS DE INVESTIMENTO EM MORAL E BOA CONDUTA E EDUCAÇÃO NO TRÂNSITO. ESTA É A PALAVRA DE ORDEM. EDUCAÇÃO. MAS COMO? ATRAVÉS DE PALESTRAS FEITAS NAS ESCOLAS E PEDINDO AOS FILHOS ESTUDANTES QUE LEVEM AOS PAIS E IRMÃOS UMA CARTILHA ONDE SERAM COLOCADA AS SITUAÇÕES DE ACIDENTES GRAVES CAUSADOS POR BEBEDEIRAS E DESRESPEITOS A VIDA DO SER HUMANO, COMO OS FAMOSOS RACHAS, NÃO DIGO AQUI SOMENTE FILHINHOS DE PAPAI NÃO. POIS TEM MUITO POBRE FAZENDO COISAS ABSURDAS NO NOSSO TRÂNSITO TAMBÉM, NESTE SENTIDO OS FILHOS E IRMÃOS MOSTRANDO AOS DE CASA UMA SITUAÇÃO EM QUE TALVEZ ELES MESMOS PUDESSEM ESTAR ENVOLVIDOS, E RESGATARIAM AQUELES VELHOS PRECEITOS MORAIS GUARDADOS NO FUNDO DA ALMA E TALVEZ AI TERIAMOS UM TRÂNSITO MAIS HUMANO E UM POUCO MAIS EDUCADO. SE CONSTRUIRMOS CIDADÕES MAIS EDUCADOS COM CERTEZA TERÍAMOS QUE CONSTRUIR MENOS HOSPITAIS PARA NOSSOS FILHOS E IRMÃOS ACIDENTADOS POR NOSSA FALTA DE AMOR E EDUCAÇÃO NO TRÂNSITO.






 
zildo de oliveira barros em 16/05/2011 11:30:05
Eva Gomes seu comentário não tem muito haver com a situação apresentada, com o efetivo que existe hoje da policia seria impossível fiscalizar os mais de 400 mil motorista do cidade, trânsito é uma questão de educação, coisa que o jovem não possui, os jovens de hoje tem respeito por nada, são filhos de pai ausentes que acha que tudo podem, hoje fura uma fila no supermercado e se senti o máximo, amanhã fura um sinal de trânsito para que esperar? esses acidentes são reflexo da falta de educação e de limites que os pais deixam de impor, os resultados esta ai nas estatíscos de mortes os jovens são a maioria.
 
Junior Lima em 16/05/2011 11:26:23
Está cheio de policiais no Centro. 2 a 3 em cada esquina. Cadê o policiamento nos bairros, nas vias, em locais de maior risco???
Tem rotatórias e cruzamentos nesta cidade que temos que rezar antes de ter que enfrentá-los e nenhum guarda de transito lá para pelo menos inibir os afoitos.
Tem muitos LENTOS na pista da esquerda, atrapalhando o transito, parece que tiraram a CNH por correspondência. O transito tem que fluir e motoqueiros e lentos tem que ir pela direita. Me desculpem mas muita gente no transito que está pedindo para morrer.
 
Rozana Lima em 16/05/2011 11:22:57
Ate concordo com o comentario da leitora Eva Gomes, que falta mais fiscalização, como podemos adivinhar que as 6 horas da manha um "pobre infeliz " como este vai furar o sinal, e acabar morrendo???Sou totalmente a favor das estrelas, acho ate que deveria ter out door falando que ali morreu uma pessoa e uma cruz tbem...A consciencia vai da cabeça de cada um, talvez passando todos os dias e vendo essas estrelas as pessoas parem para refletir!10% culpa da falta de fiscalização e sinalização, 90% culpa dos proprios motoristas...que fazem do automovel uma arma mortal!Fazem da vida uma roleta russa....lamentável!!!
 
Elisa Zocal em 16/05/2011 11:12:47
Ele não sofreu um acidente, se matou.
 
André Marques em 16/05/2011 11:09:57
Infelizmente nesses casos a culpa não é de falta e fiscalização e sim completamente do motorista/piloto. a conscientização é do próprio cidadão que tem a capacidade de colocar sua própria vida em risco, como fez esse jovem. Lamentável, como a cada dia os jovens são responsáveis pelos acidentes fatais. Falta de responsabilidade e amor a vida.
 
Lucia Castro em 16/05/2011 11:09:25
o sistema oprime as pessoas e elas entram em desespeiro e as avenidas viram pistas de raly, e a culpa é da policia que por sinal tem feito um trabalho estraordinário.
a sociedade precisa é conhecer o Deus da Paz, porque sem paz eu ultrapasso limites, e morro.
queiram conhecer á Deus !
 
Mario Sergio em 16/05/2011 11:07:47
concordo tambem chega de estrela mas isso ae nao depende só de fiscalização isso ae vai de cada si fizerem sua parte respeitando as leis todos só iriam ganhar essa pessoas morrem pq procuram isso
 
henrique ortiz em 16/05/2011 11:07:00
A maioria dos motoqueiros são absolutos, não respeitam o sinal de transito, todo dia eu venho pela Afonso pena, é não tem um dia que um deles não fura o sinal vermelho parece de proposito, todo santo dia é brincadeira, por isso eu sou a favor dos pardais, a maioria das pessoas respeitam os sinais, mais o infeliz do motoqueno não.O Certo seria perder a licença para dirigir. Agora o motorista da Camionete vai ficar com a conciencia sempre pensando neste acidente que poderia ter sido evitado se o individuo da moto tivesse parado. Que Deus conforte a familia deste individuo,que não respeitou o sinal de transito. Abraços a todos e fiquem na Paz do Senhor.
 
João Teixeira Júnior em 16/05/2011 11:05:32
Eu nao acredito que tem pessoas que ainda culpam a sinalização da cidade responsavel pelos acidentes, não que nossa cidades esteja bem sinalizada, longe disso e todos nos vemos, mas o grande responsável por acidentes nada mais é do que motoristas e pilotos (ah se fossem) de motos, estamos cansados de verem este sujeitos, motoqueiro, que de piloto nao tem nada, fazem muitas besteiras no transito, se a gente que dirige nao para e não desvia todos os dias matariamos um, eles passam pelos meios dos carros, não usam faixas, furam sinais e ainda são mau educados, pois xingam quem os atrapalham. Hoje inclusive na norte-Sul passou um motoqueiro, militar, a mais de 120 km por hora, olha só quem deveria dar exemplo, então, podemos conlcuir que não é sinalização, mas sim pessoas irresponsaveis, canalhas e burras que fazem isto, e também motoristas que em vez de fazerem curvas e respeitar as faixa, fazem tomada de curvas nas ruas e avenidas, e nós que temos que tomar cuidado, por que bateriamos todos os dias, isto se chama irresonsabilidade e falta de autoridade isso sim.
 
sidney dias barbosa em 16/05/2011 10:59:26
Acho lamentável que ainda nos dias de hoje tenhamos que ver essas coisas acontecerem. Nao sei ao certo onde está o problema. Seria no processo de aquisição da habilitação? Ou simplemente são as pessoas que insistem em desrrespeitar o que aprenderam? Se é que aprenderam algo. Existem poucos acidentes, a maioria dos incidentes sao provocados por nossa irresponsabilidade. lamentavel a morte de alguem tão novo.
 
André Neves em 16/05/2011 10:47:33
Puxa vida, domingo morreu um jovem de 24 anos e agora esse de 23 anos... O que está acontecendo com a juventude de hoje? Eu passeí perto do local do acidente e vi que esta um tumultuo. Porque esses garotos fazem tanta coisa sem se tocar que pode ser o último dia de vida deles? Será que não percebem que levar a vida com responsabilidade é muito mais salutar?
Lamento a morte deles mas pelo menos não mataram um terceiro.
 
ana paula em 16/05/2011 10:15:42
NOSSA!!! O QUE TÁ ACONTECENDO COM NOSSOS JOVENS!!!! PAZ AO CORAÇÕES DAS MÃES QUE PERDERAM VOSSOS FILHOS!!!!!!
 
tatiane lago rezende vieira em 16/05/2011 09:31:41
NOTA AS AUTORIDADES DE TRÂNSITO
Os campograndenses não precisam de estrelas pintadas no asfalto, precisam de fiscalização mais rígida contra estes infratores que colocam em risco a segurança das pessoas de bem e nossos filhos. Enquanto o municipio pinta estrelas nos locais de acidente fatal a cidade está mal sinalizada concorrendo para pintar mais e mais estrelas.
A polícia só usa o bafômetro quando ocorre acidente, o que está ocorrendo é a sensação de impunidade que reina em nossa cidade, fazendo com que cada vez ocorra mais acidentes. Talvez esteja na hora de reavaliar as políticas adotadas para o trânsito, considerando que não existe fórmula mágica de redução de acidentes (painel de acidentes ?, estrelas ? ... colocar medo na população ?) estas políticas chocam as pessoas com índole, que com certeza não é a população alvo de redução de acidentes. A população alvo para redução de acidentes é fiscalização mesmo !!!, multa, bafômetro, blitz ou seja são as pessoas que não sabem viver em sociedade e compartilhar as vias, e que não querem se submeter as leis e regras que devem ser fiscalizadas pelo ESTADO. A ausência do Estado gera sensação de impunidade e vira terra de ninguem.
 
Eva Gomes em 16/05/2011 09:27:07
É a impunidade que faz com que ninguém respeite ninguém no transito em MS. Tantos os pedestres que trafegam no meio da rua como se fossem os donos, como os motoristas, que na maioria, ou compraram o CNH que antigamente era pelo correio, e que muitos são analfabetos, não sabem nem ler as placas de transito.
Não existe lugar algum noBrasil, com desrrespeito ao transito como aqui no MS, as autoridades só se preocupam em instalar fabricas de multas, e arrecadar ( não sabemos pra quem e pra que ), cadê os policiais que estão entrando na ativa que saem nos jornais diariamente, devem estar entrando para serem seguranças de alguém, pois não estamos vendo nas ruas. Precisamos de educação, é que os jovens veem tantos que são criminosos e não são punidos, que não acreditam mais em punição, pois a justiça mesmo com morte em transito por embriagues, fazem o assassino pagar algo como pena, sempre tapando o buraco de algum setor que o governo deveria dar assistência dos impostos que pagamos. Pra que ser certinho nesse Estado de impunidade, cadê que os que roubaram o dinheiro público estãopresos, então pra que cumprir a lei, é só para os pobres?
 
Kamél El Kadri em 16/05/2011 09:04:02
Eu vi alguns comentários ai,a culpa é dos agentes de transito??
Cada um de nós deve ser responsável por aquilo que faz,o rapaz foi imprudente e infelizmente isso custou a vida dele,tomará que as pessoas respeitam mais as leis de transito.

 
antonio marcos em 16/05/2011 09:02:55
Meu Deus qtas tragedias em tão pouco tempo.....eu ja tinha ficado chocada com o acidente do sabado tamanha a violencia!E hoje mais uma vida que se foi....Qtas pessoas ainda vão morrer para que outras tenham mais consiencia????Que absurdo que Deus ilumine as familias desses jovens...E mais uma vez venho pedir responsabilidade no Transito....
 
Elisa Zocal em 16/05/2011 08:51:49
Infelismente é raro um motoqueiro respeitar sinal fechado, o resultado geralmente é esse.
 
Nilson André em 16/05/2011 08:46:02
Incrível como todos ainda maculam um FALSO MORALISMO. Todos cometem infrações. Tenho certeza que daqueles que comentaram, exceto ou até mesmo os pedestres não respeitam todas as normas e regulamentações. Não precisamos de mais fiscalização e sim educação, respeito e amor ao próximo.

Reclamar é costume brasileiro. Agora, ação fica só nestes post's hipócritas. Agora resta consolar essa família que foi desfacelada e rezar/orar para pedir clemência.
 
Rodolpho Moraes em 16/05/2011 08:44:22
Não existe polícia nessa cidade..eles cumprem horário comercial e se manda...não tem quiosuqes da polícia nos bairros, a via morena está abandonada..os pedestres são assaltados em suas caminhadas, a depredação está grande e as autoridades policiais estão em seus gabinetes com seus soldados e agentes servindo de garçons.
 
Marcos Cezar em 16/05/2011 08:38:18
SENHORES MOTOQUEIROS:


A liberdade é a melhor coisa que possuimos,

MEUS VELHOS, cuidado, pois a moto não tem a menor segurança


o que adianta algumas atitudes impenssada;


Abraços a todos que continua vivo e aos que foram, que sejam iluminados




NEY SALVIANO
 
zildeneis Salviano em 16/05/2011 08:06:20
QUER VIVER MAIS? PASSEM A GOSTAR MAIS DE SI MESMO....E RESPEITE AS LEIS DO HOMEM.
 
Guilherme Arruda em 16/05/2011 07:54:11
Quando tirei minha habilitação, aprendi que o vermelho do semáforo é pra parar, e se eu perder uns 30 segundos ou mais não vou me prejudicar em nada, custa muito povo respeitar o pare???
 
Oswaldo Benites em 16/05/2011 07:52:43
que Deus olhe pela alma desses jovens, a morte desses meninos parece mais um SUICÍDIO.
 
cida sá em 16/05/2011 07:08:18
E VERDADE ELE JA MORREU NAO PODE FALAR EU JA PASSEI POR ISSO?
NAO ESTAVA EM VELOSSIDADE AUTA MAS FIQUEI NA SINUCA VI O SEMAFRO LARANJAR EU NAO PODER PARAR O OUTRO VEICLO DO OUTRO LADO CUIDANDO DO MEU SEMAFRO JA SELERANDO PARA SAIR OLHA SO O SEMAFRO MEU BOM PARA ELE VER QUE SINUCA
 
joao de souza rocha em 16/05/2011 07:05:55
NÃO SOU DAQUI, MAS TO PRA VER LUGAR COM O TRÂNSITO MAIS TAPADO E BURRO DO PAÍS...RUAS LARGAS MÃO ÚNICA, ESTREITAS MÃO DUPLA; SEMÁFOROS QUE ABREM E FECHAM PRA CADA MÃO...GOSTAM DE FAZEREM OS CONDUTORES GASTAR GASOLINA...
 
gordan lives em 16/05/2011 07:04:56
Até uma criança sabe que se a fiscalização fosse mais rigorosa acidentes como esse seriam menos frequentes. Em nenhum outro lugar do Brasil vejo tamanho desrespeito aos semáforos como em Campo Grande, e justamente aqui a fiscalização é inexistente. MAIS FISCALIZAÇÃO JÁ!!! Bafômetros, blitzes, policiais nos cruzamentos multando sem dó quem arrisca a vida dos demais. Acordem autoridades!
 
Luiz Pereira em 16/05/2011 06:26:43
De nada vale as sinalizações, os Agentes e os Radares. Pois se o cidadão não tiver uma educação no seu inicio, nada ira adiantar, se o mesmo não respeita Pai, Mãe ou as Leis, será se vai respeitar uma simples placa de PARE ou uma LUZ VERMELHA sendo que não reagem a nada e que é de suma IMPORTÂNCIA no TRÂNSITO...........
Temos que mudar este pensamento de que o trânsito é de Responsabilidade só dos Governantes ou Agentes de Trânsito.
 
Sebastião Fernando em 16/05/2011 06:16:32
CADE A POLICIA DE TRANSITO E O AGETRAN.??? ATRAVESSO A CIDADE TODOS OS DIAS PARA TRABALHAR, A CINCO ANOS E E MUITO RARO SE VER ALGUM. AGENTE FISCALIZADOR NESSES CRUZAMENTOS, SERA QUE EXISTEM.???
 
hermes canhete em 16/05/2011 05:07:37
A mesma tragedia infelizmente ira se repetir na Afonso Pena,pois os motoristas e motoqueiros não respeitam os pedestres que caminham ao longo da avenida,transitam a uma velocidade altissima e a policia não toma nenhuma atitude para coibir estes abusos,resta aos caminhantes torcerem para que nada aconteça,até quando?
 
Edson Castro em 16/05/2011 05:06:51
O que falta na verdade é fiscalização por parte das autoridades, estamos entre as cidades com maior número de acidentes do mundo.O que será que falta ao poder público para fazermos valer realmente o código de trânsito nessa cidade. É um absurdo isso que está acontecendo, chego a ficar chocado,.assustado e indignado.Não é culpa de álcool nem de autoridade, e nem vai semsibilizar ninguém essas estrelas pintadas no chão, só vai gastar dinheiro que era para ser aplicado em outra coisa mais útil.E painel de mortes vai continuar sendo zerado enquanto os policiais não forem pras ruas realmente fazer blitz todo tempo e a toda hora e tbm falta muita educação para o motorista de campo grande.EDUCAÇÃO/EDUCAÇÃO/EDUCAÇÃO,,,,,..............
 
Luiz Gamarra de Almeida Junior em 16/05/2011 04:36:53
Triste é sim....
Entretanto meus caros, essas cenas irão se repetir em nossas cidades enquanto a educação estiver em segundo plano.
O Brasil melhorou muito em muitos aspectos, entretanto, no que diz respeito à educação ainda somos um país de terceiro mundo, Campo Grande segue o exemplo, o investimento em obras, infraestrutura corretiva e viária estão acontecendo, mas e investimento no cidadão, na educação? Esse é o único investimento que chuva nenhuma estraga, que o tempo não corrói, e que realmente modifica o meio em que vivemos.
Não acreditar na educação é o mesmo que não acreditar no ser humano.
 
Marcus Matos em 16/05/2011 04:30:41
Eu nao sei nem o q dizer, + fico muito triste com as coisas q acontecem em CG.
 
Andreia Rodrigues em 16/05/2011 04:17:44
Esse não é o primeiro e não será o ultimo,e nessa sequencia que o detran tem demar cado com uma estrela o local de vítima fatal,Eu pediria que mudasse e fosse colocado pessoa quando pedestre,bicicleta quando ciclista,moto quando motociclista,e carroquando for condutor pois temos que impactar com esses desenhos,porque perguntarão o que aconteceu.Falo inda que motociclista agora que muda a marcha com calcanhar,mão no bolso ao inves de luva para não sentir frio(sabendo que mão que segura na moto é a do acelerador vcs sabem que no susto ao invés de parar acelera.Mas também quando abrir o sinal não seja o primeiro a sair pois pode ficar de ultimo após o acidente.Falei....................
 
Luiz Carlos Santos Messias em 16/05/2011 03:18:05
Daqui uns dias não teremos mas sinalização horizontal, somente estrelas no asfalto, e continuaremos a morrer, porque esse tipo de simbolismo não comoverá os motoristas imprudentes, somente servirá para identificar quando "nascer" um buraco próximo entre as estrelas...
 
Wellington Yule em 16/05/2011 02:50:05
Pois é, se a Agetran e a CipTran agem, pra coibir esses tipos de coisas, o povo reclama.... se faz só educação do trânsito, reclama... se não faz nada, reclama... se age, reclama....e agora, José?????
Até quando as pessoas vão ficar sem perceber ki são donas e responsáveis pelos seus atos?
 
Angela Brites Barbosa em 16/05/2011 02:03:57
Pelo andamento das coisas o "Placar da vida" adotado pelas "Autoridades de Trânsito" não vão passar muitos dias e voltar para o zero novamente. E haja estrelas pintadas pelas ruas enquanto se preocuparem somente com "pinturas e placares". O que Campo Grande clama há muito tempo é FISCALIZAÇÃO, FAZER VALER O CÓDIGO DE TRÂNSITO, PUNIR VERDADEIRAMENTE OS INFRATORES.
Pena que até isso acontecer de verdade, se um dia acontecer, muitas vidas já terão sido ceifadas.
Lamentávelmente o que falta em Campo Grande não é sinalização somente, pois neste local há semafóros, falta conscientização por parte dos condutores!!!
 
Willian Salviano em 16/05/2011 01:22:11
REALMENTE É MUITO TRISTE, MAS A PERGUNTA É; PORQUE NÃO ESPERAR APENAS ALGUNS MINUTOS, O QUE ADIANTOU TANTA PRESSA. O QUE ADIANTA ADARMOS FEITOS LOUCOS, SERÁ QUE VAI ACRESCENTAR ALGUMA COISA EM NOSSAS VIDAS. HA TEMPO PARA TODAS AS COISAS.
 
MARCIA DOS ANJOS em 16/05/2011 01:14:48
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions