A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 21 de Janeiro de 2018

23/04/2015 14:20

Vítima de acidente soletra nome e dá pista de identidade na Santa Casa

Ricardo Campos Jr.
Aos poucos, homem fornece dados que podem ajudar a encontrar a família dele (Foto: Santa Casa / divulgação)Aos poucos, homem fornece dados que podem ajudar a encontrar a família dele (Foto: Santa Casa / divulgação)

A Santa Casa de Campo Grande tem algumas pistas que podem levar à identificação do homem atropelado no dia 10 de fevereiro e que continua internado na unidade mesmo tendo recebido alta, pois nenhum parente foi localizado. Segundo o hospital, o paciente ainda está desorientado, mas agora repete insistentemente o nome Ailton Povenliski quando tem a identidade questionada.

Conforme a assessoria de imprensa da unidade, até então ele dizia apenas nomes aleatórios em meio a falas desconexas. Agora, além de dizer como se chama, soletrou o sobrenome.

Sotaque gaúcho leva o serviço de assistência social a fazer uma verdadeira investigação em outros estados em busca de alguém com essa identidade que tenha sido dado como desaparecido, já que em Campo Grande nenhum registro foi encontrado até o momento.

O paciente ainda relata que veio até Mato Grosso do Sul para fazer um serviço em uma fazenda, mas não deu qualquer orientação de onde fica a propriedade.

Por enquanto, ele está ocupando um leito no hospital enquanto o destino é definido. Quem tiver informações, deve entrar em contato pelo telefone (67) 3322-4140 ou 3322-4231.

Ferido – “Ailton” foi atropelado na Avenida Gury Marques, perto do Terminal de Ônibus Guaicurus, na saída para São Paulo.

Socorrido pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), ficou internado no setor de ortopedia da Santa Casa. Até a perícia já analisou as digitais do homem, mas ele não foi registrado no estado e permanece como “desconhecido”.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions