A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

05/01/2011 18:08

Vítima de assaltantes que fingiram ser fiscais parou só por causa de uniforme

Danúbia Burema e Viviane Oliveira

Motorista diz que 'diferencial' do assalto foi roupa da Agetran

Motorista foi abordado pelos assaltantes quando seguia para a entrega de uma caçamba. (Simão Nogueira)Motorista foi abordado pelos assaltantes quando seguia para a entrega de uma caçamba. (Simão Nogueira)

Depois de ser assaltado por ladrões que fingiram ser fiscais da Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito), o motorista de 39 anos falou ao Campo Grande News do susto que passou e disse que jamais teria parado o veículo se os bandidos não estivessem uniformizados.

Ele foi abordado às 15h50 de hoje na BR-262, na entrada da Gameleira, na região do aterro municipal, por dois homens com uniforme da Agetran que estavam parados perto de um Gol branco.

O condutor seguia para uma chácara perto das Moreninhas onde deixaria uma caçamba, quando foi vítima da ação dos bandidos. Ele estava sozinho no veículo e considera a região por onde passava perigosa.

Por isso, confessa que jamais teria obedecido à ordem de parada dos dois bandidos se eles não estivessem caracterizados como fiscais. Por conta dos uniformes, mesmo quando foi abordado, o condutor não imaginou que fosse um assalto.

Ele detalha que os ladrões pediram o certificado de registro nacional de transportadores rodoviários de carga.

Depois disso, perguntaram se ele tinha adesivo da Agetran. Apenas depois que um dos bandidos entrou no veículo armado e anunciou o assalto é que ele percebeu a farsa. “Nunca que ia desconfiar, estavam com uniforme da Agetran e sabiam certinho da documentação”, lembra.

Os dois levaram R$ 1.000 do motorista mais R$ 130 da empresa de entulhos para a qual ele trabalha e fugiram em direção à saída para São Paulo. “Quando saíram que eu vi que não tinha placa”, lembra.

Há um ano e seis meses na empresa de caçambas, ele nunca havia sido assaltado. “Foi um susto tamanho”, resume o motorista.

A Polícia Militar fez rondas pela região do crime, mas os assaltantes ainda não foram localizados.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions