ACOMPANHE-NOS    
MAIO, DOMINGO  22    CAMPO GRANDE 25º

Cidades

Carvoeiro é preso em Corguinho por abusar de 3 crianças

Por Redação | 13/05/2010 13:20

O carvoeiro Júlio Claro Correa, de 24 anos, foi preso ontem (12) em Corguinho, a 100 quilômetros de Campo Grande, por estupro de vulnerável.

Ele é acusado de assediar sexualmente três meninos com idade de cinco a sete anos. O homem oferecia dinheiro para que as crianças fizessem sexo oral nele.

De acordo com a Polícia, o carvoeiro confessou ter mantido relações sexuais apenas com um dos meninos, em crime ocorrido no dia 24 de março deste ano.

Pela nova legislação, o crime é enquadrado como estupro de vulnerável.

Contra Correa havia mandado de prisão expedido pela 2ª Vara da Comarca de Miranda, onde ele responde pelo crime.

Foi o delegado Edson Luís Ruiz Ubeda, de Corguinho, quem pediu a prisão preventiva do carvoeiro, em abril.

O pedido foi concedido, mas ele só foi localizado neste mês, por meio de atuação conjunta das Polícias de Corguinho e de Miranda.

Correa foi localizado em uma carvoaria. Ele será encaminhado para a delegacia de Miranda.

O processo sobre o caso corre sob segredo de Justiça, por envolver crianças.

Nos siga no Google Notícias