ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
FEVEREIRO, SEGUNDA  26    CAMPO GRANDE 29º

Cidades

Caveirão recebe batismo para encarar operações especiais

Redação | 22/06/2010 17:44

Após alterações mecânicas e uma nova pintura estilizada, o Apolo 107, ou Caveirão, novo veículo blindado do Garras (Grupo Armado de Repressão a Roubo a Banco, Assaltos e Seqüestros), da Polícia Civil, está pronto para entrar em ação. Ele deve receber o batismo do governador André Puccinelli esta noite na governadoria.

O Caveirão nasceu como um veículo de transporte de valores que foi doado ao governo do Estado. Recebeu mudanças para encarar o novo serviço: escada, giroflex, luzes especiais, pintura com direito ao crânio com a faca cravada, para choques para impacto, estribo para transporte rápido e um gancho traseiro, que suporte 5 toneladas e pode derrubar portões, muros ou retirar grandes obstáculos.

De acordo com o delegado titular do Garras, Ivan Barreira, o veículo de 8 toneladas será utilizado em operações especiais e no combate de roubos a banco ou crimes em que forem utilizadas armas de grosso calibre.

E o delegado garante: o Caveirão de Mato Grosso do Sul é mais completo que o do Rio de Janeiro, estado pioneiro neste tipo de veículo. Lá, o veículo tem utilidade cerca, usado para entrar em morros onde traficantes usam armamento pesado.

A caveira na frente possui um significado especial. "Remete à vitória da vida sobre a morte", explica o coordenador de operações do Garras, investigador Roberto Medina Filho.

Segundo ele, o veículo seria muito útil no caso do roubo a dois bancos em Costa Rica, em dezembro de 2008, apesar da distância considerável para deslocamento, 305 quilômetros de Campo Grande.

Na ocasião, sete assaltantes armados com fuzis AR-15 levaram R$ 700 mil das agências.

Nos siga no Google Notícias