A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

15/02/2009 10:20

CDDH representa juízo por demora em processo da Aneel

Redação

O CDDH (Centro de Defesa da Cidadania e dos Direitos Humanos Marçal de Souza Tupã I) ingressou na sexta-feira (13/02) uma representação contra o juízo da 1ª Vara Federal de Campo Grande, responsável por julgar a ação civil pública contra a Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica). O processo está em trâmite há sete anos sem que seja dado o primeiro despacho, conforme aponta a entidade.

Na referida ação, o CDDH pede a exclusão da taxa de iluminação pública da conta de consumo de energia elétrica dos consumidores de Mato Grosso do Sul. Segundo a advogada do CDDH, Giselle Marques de Araújo, a ação não pretende discutir a legalidade da cobrança da tarifa de iluminação, mas sim, a forma de exigência, ou seja, por meio da inclusão na conta de energia elétrica.

Segundo ela, o método contraria o Código de Defesa do Consumidor, que determina "a necessidade de anuência do consumidor para a inclusão de cobrança de outros serviços não relativos à utilização de energia elétrica na fatura".

O presidente do CDDH, Paulo

Curso de instrutor de trânsito do Detran oferece 50 vagas na Capital
O Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul) está com inscrições abertas para o curso de Formação de Instrutor de Trânsito e...
Mega-Sena acumula de novo e prêmio estimado sobe para R$ 43,5 milhões
Mais uma vez a Mega-Sena ficou sem vencedor na faixa principal e, com isso, a premiação acumulou e pode chegar a R$ 43,5 milhões no próximo concurso,...
Mega-Sena pode pagar R$ 39 milhões no sorteio deste sábado
A Mega-Sena deste sábado (16), que está acumulada, pode pagar R$ 39 milhões para quem acertar os seis números. O concurso 1.997 ocorre às 20 horas, h...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions