A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

12/03/2016 08:39

CGU fiscaliza combate à dengue e verba de R$ 57 milhões em MS

Aline dos Santos

A CGU (Controladoria-Geral da União) vai fiscalizar R$ 57 milhões repassados a Mato Grosso do Sul pelo governo federal, incluindo dinheiro para o combate ao mosquito Aedes aegypti. A medida faz parte do 2º Ciclo do Programa de Fiscalização em Entes Federativos, que acontece entre os meses de março e julho. A fiscalização será em todos os Estados, num total de R$ 16,4 bilhões.

Em Mato Grosso do Sul, serão analisados recursos para sete programas do governo. No quesito “Incentivo Financeiro aos Estados, Distrito Federal e Municípios para a Vigilância em Saúde”- diretamente ligado ao combate do mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya - vai ser analisado repasse de R$ 9.630.463,23.

Os demais programas são relacionados à merenda, transporte escolar e emprego: Apoio à Alimentação Escolar na Educação Básica (R$ 30.413.864,00); Apoio à Entidades de Ensino Superior Não Federais (R$ 515.333,00); Apoio ao Transporte Escolar na Educação Básica (R$ 42.107,34); Coordenação do Sistema Unificado de Atenção à Sanidade Agropecuária (R$ 16.284.325,22); Manutenção, Modernização e Ampliação da Rede de Atendimento do Programa do Seguro-Desemprego no Âmbito do Sistema Nacional de Emprego (valor a definir); Reintegração Social, Alternativas Penais e Controle Social (R$ 1.000.000,00). Ao todo, o montante é de R$ 57.886.092,79.

No 1º Ciclo do Programa de Fiscalização em Entes Federativos, foram fiscalizados recursos repassados pela União a Campo Grande e Dois Irmão do Buriti. Na ocasião, a metodologia adotada foi a da matriz de vulnerabilidade. Na Capital, o relatório da CGU, divulgado em dezembro do ano passado, apontou problemas na áreas de educação, saúde e obras. O destaque foi sobrepreço de R$ 3 milhões na merenda escolar.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions