A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

11/05/2009 16:59

Chefe de esquema de sonegação chega à Capital

Redação

Apontado como chefe do esquema de sonegação e extração irregular de madeira, Júlio Alberto Pereira Pinto chegou às 17h28 no Aeroporto de Campo Grande, acompanhado da esposa Karine Zanotto. Eles são donos de uma transportadora envolvida no caso e foram trazidos de Sinop (MT).

Com eles chegaram sacolas de materiais apreendidos durante a Operação Cupim, desencadeada hoje. Outros dois presos serão encaminhados de Sinop a Campo Grande, onde são concentradas as investigações, que já levaram para a prisão 15 pessoas.

Do total de presos, cinco foram capturados em Campo Grande, são funcionários do fisco estadual. Foram expedidos 17 mandados de prisão e 22 de busca e apreensão.

A operação Cupim já apreendeu R$ 21,3 mil, 80 euros e dólares. Já foram apreendidos também 11 computadores, 12 armas, 980 munições de diversos calibre, 36 documentos de veículos, diversos documentos, notas frias, carimbos falsos da Receita e lacre.

Entre os presos estão: Cival Pereira dos Santos, Maurício Fernandes Bueno Filho, Maurício de Souza Lima, Eva Santos Gonçalves e um homem identificado como Sebastião. No inicio da tarde o grupo de 5 acusados chegou de Sonora, onde no dia 24 de abril flagrante do esquema foi feito pela PRF.

Os servidores públicos são: Jair Aparecido Dias, Nilton José Baraúna, Aridalton José de Souza, Denílson Desanti e Jorge Barbieri Figueiredo.

Todos atuavam em um esquema de desmatamento, corrupção, lavagem de dinheiro e sonegação fiscal liderado pelo empresário Júlio Alberto Pereira Pinto, preso em Sinop.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions